Perfeccionismo

“Será que vocês são tão insensatos, que tendo começado pelo Espírito querem agora se aperfeiçoar pelo esforço próprio?” Gálatas 3:3

Quando li pela primeira vez a meditação de terça-feira desta semana, o que mais me chamou a atenção foi a quantidade de vezes que o pastor José Maria Barbosa comenta sobre desbravadores. Realmente ele foi uma pessoa muito importante para o Ministério dos Desbravadores.

Mas, agora pelo final da semana, é que o principal sentido da meditação veio à tona para mim. Não sei bem o porquê, mas nesta semana eu me enrolei toda e todos os meus trabalhos escolares foram feitos em cima da hora. Anteontem eu estava muito triste e arrasada por causa disso e aí o meu esposo me falou: “mas os trabalhos não foram feitos? Então pronto!”

Foi aí que lembrei da meditação. Sei que é muito importante perseguirmos os nossos objetivos e devemos fazer tudo conforme as nossas forças. Isso não é perfeccionismo.

O perfeccionismo é quando, como o pastor falou, igualamos engano a fracasso e medimos o nosso valor em termos de desempenho. Nos sentimos mal por algo que só nós sabemos que não foi perfeito.

Paulo dá o conselho: “Não pretendo dizer que eu seja perfeito. Até agora não aprendi tudo quanto devia, mas continuo trabalhando para aquele dia, quando finalmente eu serei tudo aquilo para que Cristo me salvou e Ele quer que eu seja. Não, caros irmãos, não sou ainda tudo quanto deveria ser, porém estou concentrando todas as minhas energias para insistir nessa única coisa: esquecendo o passado e aguardando esperançoso aquilo que está à frente, esforço-me para chegar ao fim da corrida e receber o prêmio para o qual Deus está nos chamando ao Céu, em virtude do que Cristo fez por nós”. Filipenses 3:12-14, A Bíblia Viva.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *