Archives

Aplicativo Desbravadores – atualização

banner-app

Os desbravadores da Divisão Sul-Americana ganharam de presente hoje, no dia mundial do desbravador, a atualização do aplicativo oficial.

Anteriormente o aplicativo disponibilizava para consulta rápida apenas os requisitos das classes e especialidades. Com a atualização, contamos agora com 9 recursos: ano bíblico, estudo bíblico, bíblia, classes, especialidades, manuais, cartão virtual, clubes e vídeos.

aplicativo-desbravadores

Para conferir cada item da atualização, confira o vídeo abaixo, elaborado pela Divisão Sul-Americana.

No momento, o aplicativo está disponível nas plataformas Android e IOS. Clique abaixo para baixar.

goodesbraitunesporticon

Caso você já tenha o aplicativo instalado, baixa acessar o Google Play ou o App Store, localizar o aplicativo e clicar na opção de atualizar.

1-Alberto

Desbravadores: ano bíblico

blogdesb

Desbravadores: ano bíblico é um aplicativo simples, gratuito e extremamente funcional. A ideia é facilitar a leitura da Bíblia, adicionando diariamente os capítulos que o desbravador deve ler. Ele possui duas guias de leitura: juvenil e desbravador. A diferença básica entre elas é que o ano bíblico desbravador inicia-se em março, com término em novembro, mas são os mesmos textos bíblicos em ambos.

Ao entrar no app, você se deparará com os textos bíblicos para leitura, agrupados por dia. Clique no dia para fazer a leitura. No final de cada texto, há a opção “marcar como lido”. Ao clicar e retornar à página principal, aparecerá uma bandeirinha verde no canto superior direito para indicar a conclusão.

Para mudar as guias, entre juvenis e desbravadores, basta clicar nas configurações. Fica no canto superior esquerdo. Em seguida, clique em “guias de leitura” e selecione a desejada.

Não poderia ser mais simples. Conselheiros, incentivem seus desbravadores a baixarem e ajudem-os a manter a leitura atualizada =D

No momento, o aplicativo está disponível nas plataformas Android e IOS. Clique abaixo para baixar.

goodesbraitunesporticon

Depois nos conte como foi sua experiência utilizando este aplicativo no seu Clube. E se você souber de um bom aplicativo semelhante a este para outros sistemas operacionais de tablets smartphones, nos deixe um comentário.

Para ver outros aplicativos interessantes para usar no Clube de Desbravadores, clique aqui.

1-Alberto

ano bíblico (1)

Reavivados por Sua Palavra

reavivados-600x304

Por três anos, os adventistas do sétimo dia de todo o mundo estiveram unidos em um projeto de reavivamento e reforma conhecido como Reavivados por Sua Palavra. Simples e funcional, o projeto consistiu na leitura diária de apenas 1 capítulo da Bíblia por dia. A leitura do último capítulo se deu por ocasião da 60ª Assembleia da Associação Geral, em San Antonio, Texas, EUA.

E o projeto não acabou por ai! Ainda durante a assembleia, foi lançada sua 2ª fase. Novamente, será lido um capítulo da Bíblia por dia, só que dessa vez, o estudo será integrado com leituras semanais de trechos do Espírito de Profecia.

Hoje é o início oficial, a leitura do capítulo 1 de Gênesis. Concomitantemente, durante esta semana, leremos também os capítulos 1 e 2 de Caminho a Cristo. Vejam que a leitura recomendada do Espírito de Profecia é semanal, não diária. Assim, programem-se para ler um pouco a cada dia, juntamente com a leitura da Bíblia.

Eu convido todos os líderes a participarem desse projeto! Quem participou do primeiro, certamente continuará. E quem não participou, não tem problema, é tempo de iniciar agora!

Segue AQUI o link para baixar o calendário de leitura de 2015. Peço desculpas porque o arquivo é em inglês, já que a Igreja na América do Sul ainda não publicou o material em português… Apesar de ser em inglês, é de fácil compreensão, já que os livros da Bíblia têm nomes semelhantes. Em 2015 serão apenas dois livros do Espírito de Profecia: Caminho a Cristo (Steps to Christ) e Parábolas de Jesus (Christ’s Object Lessons).

 

1-Alberto

A Classe Bíblica e o estudo bíblico individual

LEITURA BIBLICA

Não resta dúvida de que o grande objetivo de uma classe bíblica é levar seus participantes ao batismo e que o maior objetivo do líder de desbravadores deve ser livrar do pecado e guiar no serviço:

Educa a criança no caminho em que deve andar; e até quando envelhecer não se desviará dele. Provérbios 22:6

Para que esse líder alcance êxito em sua missão, através da classe bíblica, deve conhecer as características das crianças e adolescentes e estar preparado para lidar com as diferenças e especificidades de cada um. Por isso, ao programar a classe bíblica deve-se levar em consideração e buscar contemplar as diferentes fases do desenvolvimento dos participantes.

O crescimento espiritual ocorre em todas as fases de desenvolvimento e em todos os aspectos da vida. Estas fases do desenvolvimento da fé da criança e do adolescente não devem ser consideradas como períodos fechados e podem, em cada idade, se estender um pouco mais até a próxima, porém, nos limitaremos a apenas duas fases, que compreendem de:

a)      7 a 12 anos: Fé relacional

Neste momento, a criança começa a realizar operações e conceitos de maior complexidade. A noção da gravidade do pecado só é compreensível por volta dos 11 anos, quando compreende que para cometer um pecado se requer a intenção de fazer mal. É por esta idade que se sente culpada quando uma má ação sua prejudica a alguém. E, torna-se cada vez mais importante pertencer a grupos, mas a família ainda é a influência central. Ao final desta fase, pode ocorrer, também, certo ceticismo religioso. A criança pode não acreditar em algumas narrativas bíblicas, que podem lhe parecer fantasiosas. A piedade e o sentimentalismo decaem. Prefere uma religião de ação.

b)      13 a 18 anos: Buscando a fé

Durante os anos que correspondem ao ensino fundamental II e ao ensino médio, as crianças e adolescentes mantêm uma relação de interdependência com sua família. Eles estão desenvolvendo um claro sentido de identidade e formando seu próprio sistema de valores internos. Eles são capazes de vivenciar a fé segura e assumir compromissos com as causas. Nesta idade é percebido como pecado aquilo que está proibido e a sua gravidade parece depender da gravidade da proibição e da severidade da admoestação. Pode ocorrer, ainda, uma luta interna entre o “espiritual” (Deus) e o “carnal” (sexo), em plena “crise sexual”, que é comum acontecer por volta dos 15 anos, e esta leva-os a várias respostas:

  • Aos fervorosos, ajuda-os a superar-se;
  • Aos vacilantes, depois de vaguearem entre o fervor e o desleixo, leva-os a tomar posição: ou pelo fervor, ou pelo indiferentismo;
  • Aos viciados no prazer, leva-os ao rompimento com a religião.

O estudo em grupo, nas classes bíblicas, favorece as interações entre os pares, enriquecendo a aprendizagem por meio de trocas de experiências e conhecimentos. Podem surgir questionamentos que despertem a curiosidade e o interesse de outros, ampliando as oportunidades de aprendizagem. É neste espaço de construção de conhecimento que o instrutor pode observar necessidades individualizadas e diferentes em seus participantes. É possível que alguns desbravadores tenham dificuldades em manter a atenção e a compreensão em grupo, como em casos de crianças e adolescentes com hiperatividade ou com distúrbios do processamento auditivo ou, ainda, com ritmo mais lento de aprendizagem. Poderá observar, ainda, outros participantes que demonstrem interesse significativo por aprofundarem-se nos estudos bíblicos. Então, poderá ser necessário realizar estudos bíblicos individualizados. Estes estudos deverão contemplar aquilo que o estudo em grupo não for capaz de suprir, como as dúvidas e as angústias pessoais, a falta de compreensão de algo que está além da fase de desenvolvimento do participante, dificuldades devido à timidez, e ainda o tempo e a qualidade da concentração individual.

Para que a classe bíblica e o estudo bíblico individualizado sejam bem sucedidos, deve-se dispensar atenção especial à escolha do instrutor bíblico, considerando:

  • Sua habilidade pessoal para lidar com crianças e adolescentes, sendo ideal amá-las;
  • A capacidade no ensino e no conhecimento, devendo ser um estudante da Bíblia;
  • Sua paixão pela salvação das pessoas, estar comprometido com a Igreja e sua missão;
  • A dedicação de tempo ao seu preparo pessoal.

A seguir, encontramos alguns elementos relevantes que contribuirão para o bom andamento de cada encontro da classe bíblica e estudo bíblico individualizado:

  • Reunir a família para participar, incentivando, motivando a criança ou adolescente, demonstrando interesse pela classe e em sua participação;
  • O local escolhido deve ser muito bem preparado para torná-lo atrativo, silencioso e sem excesso de estímulos visuais;
  • Deve ser estabelecido o dia e a hora da semana para os estudos e cumpri-los, pontualmente;
  • A classe bíblica deve começar e terminar com oração e deve ter duração de 45 minutos até 1 hora;
  • O planejamento deve ser realizado utilizando materiais complementares para estudo, como comentários bíblicos, livros do Espírito de Profecia, estudos bíblicos diversos, etc.;
  • Metodologia diversificada, dinâmicas, vivencias, etc., que tornem prático o ensino aplicado;
  • Todo o material de suporte deve ser providenciado com bastante antecedência: Bíblias, lápis, borracha, tesoura, quadro e giz ou pinceis, projetor, DVD, material para dinâmica, etc.;
  • Deve-se realizar a contextualização e aplicação do tema, a partir de conhecimentos já dominados pela criança;
  • O vocabulário utilizado deve ser de domínio de todos;
  • Preparar um glossário para ser trabalhado e disponibilizado em local visível para que o participante consulte facilmente, se necessário;
  • Iniciar um estudo sempre recapitulando com os participantes o anterior, permitindo perceber se restaram dúvidas ou pontos a serem retomados;
  • Concluir com uma avaliação simples, oral, do conteúdo e um compromisso firmado com Deus, que preferencialmente deve ser verbalizado;
  • Ao contar história, use entonação de voz atraente, sem exageros, faça suspense, faça drama, se emocione, expresse sua opinião sobre o tema e dê oportunidade para que o participante, também, apresente sua opinião;
  • Quando um instrutor está apaixonado pelo que ensina, isso é contagiante. Mesmo quando o desbravador não está muito interessado no conteúdo, a energia e o entusiasmo do instrutor podem despertar seu interesse. Essa é uma descoberta das neurociências e tem a ver com empatia. Alguns neurônios (neurônios espelho) disparam quando veem ou identificam coisas que outra pessoa está fazendo.

O que não se deve fazer em uma classe bíblica ou estudo individual:

  • Negligenciar o planejamento;
  • Desconsiderar o nível de conhecimento dos participantes sobre o tema;
  • Utilizar gírias e termos vulgares;
  • Transmitir impressões negativas sobre o participante ou sobre sua aprendizagem;
  • Demonstrar estar despreparado, sem o máximo de conhecimento sobre o assunto;
  • Deixar de dar o melhor exemplo: desde a pontualidade, interesse, reverência, conhecimento e conduta.

Você deverá ter em mente que o Espírito Santo o capacitará a executar o melhor!

Referências:

Arellano, José de Jesús Suárez. Desenvolvimento da ideia de Deus, da religiosidade e da consciência moral. Disponível em: <http://www.mh2.dds.nl/port/diversos/arellano.htm>. Acesso em: 13 mar. 2014.

Bryson, Judy. Os estágios do desenvolvimento espiritual. Disponível em: <https://sites.google.com/site/mecriibf/artigos/fundamentos-para-o-ministerio-infanto-juvenil/os-estagios-do-desenvolvimento-espiritual>. Acesso em: 13 mar. 2014.

1- Edneide

Uma “loooonga” estrada!

uma longa estrada

Desde junho de 2011, vimos por aqui no Cantinho algumas excelentes contribuições do Pr. Harley Burigatto. Ele entrou em contato conosco por email, à época, e se disponibilizou a colaborar com o nosso Cantinho da Unidade. A partir de hoje, a assinatura dele será comum por aqui, pois agora ele é oficialmente um colaborador da nossa Equipe! Em nome da Equipe Cantinho da Unidade e de todos os leitores, gostaria de dar as boas vindas oficiais ao senhor, pastor! Clique AQUI e conheça um pouquinho da sua história.

Certa vez uma pessoa me disse, assim que eu terminei de estudar a Bíblia com ela: “Estou muito feliz por aprender tudo sobre a Bíblia, pastor…”. E eu respondi: “Mas nem começamos ainda!”.

A Bíblia é uma fonte inesgotável de água pura da Palavra de Deus: quanto mais cavarmos, mais água pura encontraremos. Ou uma mina de pedras preciosas para enriquecer nossas vidas: quanto mais fundo, mais preciosidades.

Não podemos estar satisfeitos de estudar a Bíblia um pouco, ou apenas uma vez. Apresento a Bíblia como uma looooonga estrada a ser percorrida.

Às vezes, nossos pais, nosso capelão ou alguma pessoa especial estuda a Bíblia conosco. Aprendemos, nos surpreendemos e então aceitamos Jesus como nosso Salvador. E depois?

Continue escavando!

A Classe Bíblica é essencial para nossa decisão ao lado de Jesus, mas como continuar nessa jornada? Segue algumas dicas:

  1. Procure estudar outros tipos de Curso Bíblico, que podem ser conseguidos com o Ministério Pessoal de sua Igreja. Existem estudos que aprofundam mais o conhecimento e os encontramos para cada faixa etária que vai desde Aventureiros (6-9 anos) até os Jovens (16 anos ou mais)
  2. Leiam bons livros, sobre assuntos da Bíblia. Ela se tornará mais atrativa à medida que aprendermos sobre:
    1. Arqueologia bíblica, que ajuda aumentar nossa fé à medida que comprovamos sua autenticidade.
    2. História, que ajuda-nos a entender como a Bíblia é confiável.
    3. Profecias, que nos ajudam a entender o cumprimento da Palavra de Deus.
    4. Personagens da Bíblia, que ajuda-nos a compreender a vida, a cultura e o cotidiano deles.
  3. Acesse sites com bons conteúdos bíblicos. O site www.novotempo.com vai lhe dar muitas sugestões. Existem sites especializados em explicar textos e versos bíblicos, sobre criacionismo, sobre arqueologia. Um bom vídeo no YouTube® ou programa da Novo tempo ajudará você a aprender sempre mais!
  4. Estude você mesmo com um coleguinha da sua idade. Se tiver alguma dúvida, peça ajuda a seu conselheiro, diretor ou alguém mais velho na Igreja. Lembre-se… quando você estuda, você aprende junto!
  5. Estude diariamente a lição da escola sabatina de acordo com sua idade. Esse material é preparado para ensinar, continuamente, coisas de Deus para nós.
  6. Leia a Meditação Matinal, dos juvenis, um livro feito com muito carinho para ajudá-lo a aprender coisas interessantes da Palavra de Deus.
  7. Compre Bíblias com suplementos de estudo, comentários adicionais, cadeias temáticas, que ajudará você tornar seu estudo bem mais edificante e interessante.

Enfim, quando você terminar seu estudo bíblico, pode acreditar que é apenas o primeiro passo de uma grande caminhada de aprendizado: quanto mais você lê a Bíblia, mais perto de Deus você está, mais conhecimento você adquire e mais perto do céu você fica!

Maranata!

1- Harley

Desbravadores escrevem toda a Bíblia em tempo recorde de cinco minutos

Desbravadores-escrevem-toda-a-Biblia-em-tempo-recorde-de-cinco-minutos

A operação consiste na divisão do livro sagrado entre os participantes, que decoram os versículos e os escrevem simultaneamente. De acordo com o pastor Daniel Benitez, diretor de jovens para o Paraguai e organizador desta atividade no Campori, os 31.278 versículos bíblicos foram divididos entre os clubes pela secretaria de modo que todos os desbravadores participaram da escritura, que aconteceu por volta da 9h30min deste sábado, 11.

O estudante Maxwel Tofoli, de 11 anos, do clube Araucária, no Sul do Brasil, participa de um Campori pela primeira vez e se alegra por iniciar sua trajetória em um evento dessa natureza. Para o juvenil, que escreveu o versículo de Lucas 22: 20, a escritura da Bíblia será um dos momentos inesquecíveis do programa porque trouxe um sentimento de valorização a Deus.

Reconhecendo a importância do livro, o desbravador Gustavo Querino também estimou a ação e destacou que as histórias dos reis e dos ensinos dos discípulos são fundamentais para o crescimento. Ele é membro do clube Jóias Preciosas, também do Sul do País.

Desbravadores-escrevem-toda-a-Biblia-em-tempo-recorde-de-cinco-minutos2O líder de desbravadores na América do Sul, Udolcy Zukowski, se regozija com o feito. “Quando o clube estiver desanimado, o diretor junta e fala que já escreveram a Bíblia em cinco minutos. Então, no espírito de equipe, eles podem conseguir resolver os problemas. Se cada um fizer um pouquinho, todo mundo consegue fazer muito coisa”, declara.

A primeira vez que adventistas escreveram todo o livro nessa mesma dinâmica foi na Romênia, em 2001, em um tempo de 28 minutos. O pastor Zukowski afirma que já participou de escrituras, a exemplo de uma no Chile, em um congresso sul- americano de jovens em Picarquin, em 2002, onde escreveram em 16 minutos, e em Cabo Frio, no Rio de Janeiro, no Campori Marcha da Vitória, em 2008, onde os acampantes fizeram o mesmo em 14 minutos.

Porém, considera: “Não há nenhum outro lugar no mundo que fez em pouco tempo assim. […] Este momento é a glória, porque o desbravador vai voltar pra casa e dizer: ‘Além de tudo que eu fiz no Campori, participei de um recorde: escrevi a Bíblia em cinco minutos’”.

Os capitães de unidade ergueram os bandeirins no início da escrita e foram abaixando conforme a unidade concluía sua participação. Fogos celebraram o término da atividade. E os desbravadores vibravam envolvidos pelo grito de Zukowski: “Com a Bíblia nós vamos pra o céu. Com a Bíblia nós temos um encontro marcado na eternidade”.

Fonte: [Equipe ASN, Deijeane Morais]

Levando a sério a vida devocional

Nós, como líderes de desbravadores, temos uma missão muito importante:

“A mais bela obra já empreendida por homens e mulheres é lidar com espíritos jovens. O máximo cuidado deve ser tomado na educação da juventude, para variar de tal maneira a instrução, que desperte as nobres e elevadas faculdades da mente. (…) Bem poucos há que compreendam as mais essenciais necessidades do espírito, e a maneira por que devam dirigir o intelecto em desenvolvimento, o pensar e sentir crescentes dos jovens.” Conselhos aos Pais Professores e Estudantes, p. 73.

Para isso devemos estar bem preparados e a vida devocional é a parte mais importante. Só poderemos comunicar luz aos nossos meninos e meninas se nós mesmos estivermos cheios do Espírito de Deus.  “Nenhum homem, mulher, ou jovem, pode alcançar a perfeição cristã negligenciando o estudo da Palavra de Deus”. Conselhos sobre Escola Sabatina, p. 17.

Por isso precisamos conversar seriamente sobre nossa vida devocional. Como anda o estudo da Bíblia, Lição da Escola Sabatina e Meditação Matinal? Como está a sua devoção individual? E o culto familiar? Sim, para alguns a resposta a essas perguntas pode vir acompanhada de um rubor na face… Mas essa situação não precisa permanecer assim, estamos começando um novo ano, é uma nova oportunidade que Deus nos dá de escrever uma história diferente.

Que tal então se programar para revolucionar a sua vida espiritual? Existe alguns instrumentos muito importantes que não podem ser deixados de lado:

Bíblia –  “A Bíblia é a única regra de fé e doutrina. E não há nada mais apropriado para vigorizar a mente e fortalecer o intelecto do que o estudo da Palavra de Deus.”  Fundamentos da Educação Cristã, p. 126. Portanto, ela deve ser a primeira no culto diário, antes de qualquer outro estudo (lição ou meditação, até mesmo livros do Espírito de Profecia), a Bíblia pura deve ser examinada. Já falamos bastante sobre isso aqui.

Lição da Escola Sabatina – A Igreja Adventista do Sétimo Dia possui um instrumento incrível, que é a lição. Todas os membros ao redor do mundo estudam o mesmo tema. Há um guia específico para cada faixa etária. E o estudo engloba tanto a aprendizagem individual como em grupo.

Estudar a lição diariamente é imprescindível para nos precavermos contra os enganos de Satanás. Não basta ler tudo de uma vez na sexta-feira à noite morrendo de preguiça de ler os textos sugeridos. Assim como não comemos uma vez só durante a semana, e sim uma porção por vez durante todos os dias, o estudo diário da lição deve ser realizado. O estudo foi planejado para ser fragmentado mesmo, pois quanto maior o tempo de exposição ao conteúdo mais firmemente ele ficará gravado na memória.

“A Escola Sabatina oferece a pais e filhos preciosa oportunidade para o estudo da Palavra de Deus. Mas, a fim de receber o benefício que devem conseguir na Escola Sabatina, tanto os pais como os filhos precisam dedicar tempo ao estudo das lições, procurando obter um completo conhecimento dos fatos apresentados, bem como das verdades espirituais que esses fatos se destinam a ensinar.” Conselhos sobre Escola Sabatina p. 38 e 39

Meditação Matinal – Vou ser extremamente sincera com vocês, tenho bastante dificuldade de encaixar a leitura da meditação na minha devoção diária. O estudo da Bíblia e da lição, mais o momento de oração, preenchem todo o meu tempo disponível para a devoção matinal. Mas este ano especificamente um esforço precisa ser feito. A Meditação tem o título Perto do Céu e é uma seleção de textos de Ellen G White. Cada página desse livro merece ser lida e refletida.

Aqui eu preciso abrir um parêntesis, como realmente é utilizado este livro especial? Já vi muita gente que faz uma leitura rápida pela manhã e nem lembram mais do assunto durante o dia. Usando uma expressão bíblica bem forte, preciso dizer que é quase como atirar pérolas aos porcos. Ou seja, desperdício.

Portanto, procure uma forma de incluir mais esse elemento no seu culto diário, mas desde que seja para fazê-lo com qualidade. O resultado vai ser compensador. Várias vezes o texto trouxe uma orientação específica que eu estava precisando para aquele dia. Este é mais um método que Deus usa para nos prover alimento espiritual.

Esses são os três instrumentos que devemos utilizar no nosso dia a dia, mas outro item importantíssimo é a oração. Já escrevemos várias vezes sobre isso, entretanto, vale ressaltar que a oração precisa de local de destaque na vida cristã. Ela deve ser feita não apenas no início e no fim do estudo diário, mas deve-se separar um momento especial para conversar com Deus como um amigo, não apenas para pedir.

Devoção pessoal e Culto familiar

Nossa vida devocional deve ter dois momentos distintos, o momento a sós com Deus e o Altar da família. Se você mora sozinho ou se sua família é hostil em relação à religião, será um pouco mais difícil ter momentos de devoção em grupo, mas você pode reunir-se com amigos (presencialmente ou online) para estudarem juntos e fortalecerem-se mutuamente.

Mas voltando ao círculo familiar… É imprescindível para que uma família viva bem que os cultos sejam realizados diariamente. As lembranças dos cultos na minha infância estão vívidas em minha mente até hoje. Para quem é pai e mãe considere este momento como o mais importante do dia. Se você não tem tempo para dedicar um momento a Deus e a seus filhos, você precisa urgentemente ler o livro Vida Plena de Poder, lá você encontrará meios para solucionar este grave problema.

As crianças também precisam de Bíblia, lição e meditação (Inspiração Juvenil) e as menores ainda não sabem fazer isso sozinhas, por isso precisam ser auxiliadas. Não negligencie seus filhos, você não vai querer que no momento da ressurreição, enquanto seus desbravadores são entregues a seus pais, você tenha que lamentar a perdição de seu filho…

Aí você me diz, mas eu não tenho filhos, sou só eu e minha esposa, somos adultos e cada um sabe cuidar de si. Nada mais errado! Também não tenho filhos e durante algum tempo não tínhamos o hábito de fazer o culto familiar diariamente. Geralmente os casais sem filhos são jovens (pelo menos por aqui é a esse tipo de família que a muitos dos líderes pertencem) e por isso mesmo precisam de muita instrução divina sobre relacionamentos, família e etc.

Peço licença para falar do nosso exemplo. Em nossa casa o estudo da Bíblia e da lição é individual e realizado pela manhã. À noite estudamos juntos o O Lar Adventista. A inclusão desse momento buscando a Deus juntos fez a diferença e nos ajudou a superar as dificuldades que estávamos enfrentando já havia algum tempo. O culto familiar é quase tão importante quanto o culto individual. Se você quer ter uma família feliz, não o negligencie!

By Larissa e Lucas

A Palavra de Deus, falada ao coração, tem um vivificante poder, e os que formulam qualquer desculpa para não se familiarizar com ela, negligenciarão as reivindicações de Deus em muitos aspectos. O caráter ficará deformado, as palavras e atos serão um descrédito à verdade. Conselhos sobre Escola Sabatina, p. 17.

Ano bíblico – escolha o seu estilo

Todos nós sabemos da importância do estudo sistemático da Bíblia. O crescimento espiritual está intimamente ligado à quantidade de tempo que passamos refletindo sobre a palavra de Deus. Para os cartões de liderança é requisito obrigatório completar a leitura de toda a Bíblia, para as crianças há o Ano Bíblico Juvenil dividido em seis partes, uma para cada classe, de forma que aos 15 o adolescente terá lido a Bíblia ao menos uma vez.

Ler a Bíblia inteira parece ser algo extremamente desafiador, ainda mais em um país que não tem cultura de leitura como o nosso. Já ouvi aspirantes a líder dizerem que esse era o requisito mais difícil do cartão! Sem contar o sem número de pessoas que já são doutoras em Gênesis porque todo ano começam e em pouco mais de um mês de leitura desistem. Eu fui uma dessas, dos 10 aos 15 anos tentei todos os anos fazer o Ano Bíblico, mas o máximo que consegui chegar foi em Salmos…

Isso ocorre por vários fatores, e muitas vezes mais de um deles está presente.

Dificuldade na leitura: Sim, muitas pessoas, inclusive adultos, têm uma grande dificuldade na leitura mesmo dos textos simples. Aí o problema não é só com a Bíblia, e sim com qualquer tipo de leitura, até mesmo um jornal.

Dificuldade de interpretação/pobreza de vocabulário: A Bíblia possui um estilo literário muito culto. Não é literatura fast food que não precisa de cérebro para compreender. Alguns textos são complexos sim e existem muitas palavras desconhecidas. Quando o indivíduo não entende o que o texto quer dizer, a leitura deixa de fazer sentido e o desinteresse toma conta.

Preguiça/falta de perseverança: Convenhamos que todos, por mais ocupados que sejam, podem dedicar meia hora por dia para ler a Bíblia, então falta de tempo não é uma desculpa válida. No ônibus, no metrô, na fila, não é o ideal, mas já ajuda… O grande problema de muitos é a preguiça mesmo ou olham para o tamanho do livro e desistem logo de vez.

Mente cauterizada: Para outro grupo de leitores, habilidade de leitura não é problema, livros enormes também não, mas mesmo assim não suportam o Texto Sagrado. Geralmente esses leitores são ávidos consumidores de romances e thrillers, aí um texto sereno como a narrativa bíblica parece insípida e desinteressante. Essas pessoas estão correndo grande perigo. Satanás já conseguiu um grande domínio sobre a mente delas. Só com muita oração e com o poder do Espirito Santo esse mal pode ser revertido, do contrário o destino é a morte eterna.

Inadaptação do estilo: Cada pessoa é diferente, então o modelo de ler três capítulos por dia e cinco no sábado realmente não vai funcionar para todos. Há pessoas que leem super rápido, outras demoram mais. Crianças não podem ser obrigadas a seguir o mesmo programa que um adulto e é claro que se alguém for tentar seguir o mesmo modelinho de guia de estudos por anos a fio pode começar a ler no automático depois de um tempo.

Influência do inimigo: É claro que Satanás fará tudo para não deixar você estudar a Bíblia, é o telefone que toca, a criança que chora, o despertador que não funciona. Ele usa todo tipo de coisinhas no dia a dia para te afastar dessa atividade sagrada. NÃO PERMITA! Cada dia sem estudo é um dia sem alimento, depois de um tempo sua fé pode adoecer e até morrer.

Então, é mais ou menos isso que acontece, não é?

Vamos então a algumas ideias de como vencer essas dificuldades.

Dar a devida prioridade: O estudo da Bíblia deveria ser a primeira atividade do dia, até mesmo antes do desjejum. Precisamos de todo o poder possível para enfrentar os desafios diários. Se você ainda não tem um momento a sós com o Criador pela manhã, faça planos para que isso ocorra. Mas enquanto você não consegue, ajuste sua agenda para encaixar a leitura em outro momento do dia. O que não pode ocorrer é deixar de tratar sua hora (ou meia hora) com Deus como prioridade. Se não há outro momento, que seja antes de dormir, mas não deixe de ler.

Buscar a compreensão do texto: Se você tem dificuldade em compreender o texto bíblico, tente outra tradução; palavras difíceis? use o dicionário ou o Google; problemas com um texto específico? peça ajuda. Até mesmo a dificuldade de leitura não é empecilho, já ouvi várias histórias de pessoas que aprenderam a ler com a Bíblia, inclusive eu conheci um dessas pessoas. Atualmente existe até a Bíblia em áudio, até quem não enxerga pode conhecer o texto sagrado, não há desculpa!

Adaptar-se: O título do post é Ano Bíblico, sim, mas não significa que você precisa ler a Bíblia toda em um ano. O mais importante é que você leia a Bíblia todos os dias, não importa a quantidade, e sim a qualidade (também não vai avacalhar e ler só um versículo, né?). Existem vários planos de estudo e várias traduções da Bíblia, você certamente vai encontrar um que se adapte a você  e se não encontrar, crie o seu. A meta é ler a Bíblia toda, não importa se em um, dois ou cinco anos!

Antes de escolher o programa de leitura, é bom considerar a idade do indivíduo.

Crianças até os 9 anos: Livros coloridos podem ser mais efetivos do que a Bíblia em si. Nessa idade eles ainda estão sendo alfabetizados, então coleções como Meus Amigos da Bíblia ou as Belas Histórias da Bíblia irão despertar o gosto pela palavra de Deus. O mais importante é que o momento das histórias seja diário, para começar a criar o hábito desde cedo.

Crianças de 10 a 14: São a maior parte dos nossos desbravadores. Eles precisam de um programa de leitura personalizado. Está na hora de entrar em contato com a Bíblia de verdade, mas isso não significa que precisam ler 100% do texto. O Guia de Ano Bíblico Juvenil já é adaptado para a idade e exclui algumas passagens que deixariam as crianças mais cansadas ou que seriam mais difíceis de entender.

Dos 15 em diante: Em geral já estão no ensino médio, então devem ler o texto Bíblico integral. Isso não significa que precisa ser em um ano, o que quero dizer é que dessa idade em diante já não é mais indicado omitir nada. Todavia, seria bom procurar uma tradução mais acessível.

E por falar em traduções diferentes… Atualmente existem várias, vou comentar as que eu conheço ao menos um pouco, mas ainda existem várias outras. Entretanto, tenha cuidado, nem todas são confiáveis. Aqui a explanação será bem superficial, o assunto é complexo, merece um post só para ele…

João Ferreira de Almeida – VARA: É a mais conhecida. Existem algumas pequenas variações entre uma edição e outra, mas em geral é um texto mais complexo e rebuscado.

Nova Versão Internacional – NVI:  O texto é claro e bem fiel. Apresenta uma leve diferença em relação à João Ferreira de Almeida, geralmente só há substituição de palavras difíceis por sinônimos mais populares. É a minha preferida.

Bíblia na Linguagem de Hoje – BLH: O texto é bem fácil de entender, mais fácil que o da NVI, mas eu acho que em algumas passagens o sentido original se perde um pouquinho. Para crianças não tem muito problema, mas para o estudo é melhor usar uma tradução mais tradicional.

The Message – (A Mensagem): É um texto bem diferente do que estamos acostumados, é claro e fluente. A diagramação também muda bastante, a divisão em versículos não é feita da forma tradicional. Eu indico apenas para aqueles que já leram a Bíblia toda uma ou duas vezes. É muito interessante ler fazendo comparações entre os textos. Essa será a versão que vou utilizar no requisito para o classe de Líder Master Avançado.

Depois dessas informações, vamos então conhecer alguns métodos de estudo da Bíblia. Não importa o método, o essencial é que a leitura seja feita com oração.

Ano Bíblico Juvenil – Como mencionado, não contempla todos os capítulos. Você pode adquirir o guia de estudos na Associação/Missão, às vezes é grátis.

Ano Bíblico Jovem/Universitário/Adultos – Não tem grandes diferenças uns dos outros, eles contemplam todos os capítulos e seguem uma quantidade mais ou menos uniforme de páginas por dia. Também estão disponíveis na sede do Campo ou na lição de jovens e adultos. É um dos esquemas mais fáceis de seguir.

Ano Bíblico em Ordem Cronológica – Já existem Bíblias escritas em ordem cronológica, mas são difíceis de encontrar. Se você quiser seguir esse programa pode usar esta TABELA. Não fomos nós que criamos, o material conta com os devidos créditos ao autor. É interessante principalmente se você já fez outros programas antes.

Plano de Leitura em três meses – Sim é possível!!! Ler a Bíblia toda em 93 dias é possível, eu já fiz. Mas depende de muita dedicação e cerca de 1 hora de leitura todos os dias. Se você quiser seguir esse plano pode fazer o download AQUI. Apenas tome cuidado para não fazer uma leitura apenas superficial, assim não adianta.

Série Encontros – É um plano para ler toda a Bíblia mais os livros da Série Conflito (Patriarcas e Profetas, Profetas e Reis, O Desejado de Todas as Nações, Atos dos Apóstolos e O Grande Conflito) mais o Parábolas de Jesus. É um excelente plano, pois dá um conhecimento bem aprofundado da Bíblia. Este guia de estudos foi preparado pelo  Centro White e você pode baixá-lo AQUI.

Reavivados Por Sua Palavra RPSP – Esse é um dos planos mais fáceis de seguir, basta ler um capítulo por dia. O esquema foi lançado no dia 17 de abril de 2012 e terminará em 19 de julho de 2015. No site http://reavivamentoereforma.com/rpsp/ você encontra todos os materiais necessários, como o guia com todos os capítulos, um marca páginas com o calendário de leitura e até um aplicativo para iOS. Uma atividade que não estava prevista quando o programa foi criado, mas que virou uma verdadeira mania, é após a leitura resumir o capítulo em 140 caracteres e publicar no Twiter. A hastag #rpsp já chegou aos trend topics no Brasil, para você ter uma ideia do sucesso desse projeto.

Se você quer acompanhar o projeto, mas vai começar só agora, sugiro que você comece lendo o capítulo designado para hoje e vá colocando em dia o restante ao longo do tempo. Assim você poderá também ir compartilhando sua leitura atual no Twitter e fazer parte da grande rede de leitores.

Um capítulo por dia – Se você não quiser seguir o programa RPSP, comece hoje do capítulo 1 de Gênesis e vá seguindo o mesmo processo de um capítulo por dia. Será muito interessante se você reservar um espacinho em sua agenda ou em uma caderneta e criar o hábito de resumir a leitura em uma frase. No final da leitura você terá pensamentos interessantíssimos e poderá ser um excelente ponto de partida para sermões, devocionais e etc.

Um capítulo por dia + Comentário Bíblico Adventista – Depois de muitos anos de espera, finalmente o Comentário Bíblico Adventista foi publicado em português. Sabe tudo aquilo que você queria saber sobre a Bíblia, mas não tinha para quem perguntar? Então, seus problemas acabaram! Até agora foram lançados três volumes, que vão de Gênesis até Cantares. Vale a pena investir R$ 58 em cada um deles. Esse tem sido meu programa de leitura (estou acompanhando o calendário do RPSP) e eu garanto que é fascinante.

E então, já escolheu o seu? Então escolha logo e vamos começar!!!

Testamos

Novo testamento à prova d’água

Certa vez, há quase 10 anos, participei de um acampamento com caminhada no início de janeiro. Levei uma mochila que não era tão resistente à água quanto a que eu costumava utilizar e não tomei as devidas precauções em relação aos meus pertences e a chuva. Resultado: todo meu material encharcado por algum tempo. Inclusive a minha Bíblia, que tinha há 4 anos na época. Desde aquele acampamento fiquei pensando como seria bom ter uma Bíblia à prova d’água, mas não encontrei nenhuma a venda no Brasil.

Essa dupla, água + Bíblia, deixou de ser um problema, pelo menos em parte: a Sociedade Bíblica do Brasil (SBB) lançou um Novo Testamento à prova d’água. Ela é impressa 100% em material plástico, totalmente impermeável, permitindo que a Bíblia seja lida em qualquer lugar – na praia, na beira da piscina, na chuva, até mesmo durante a prática de mergulho -, sem que ocorra qualquer tipo de dano à publicação.

Marcio Ponciano, praticante de mergulho autônomo, a 10 metros de profundidade lendo o evangelho de João, capítulo 5 e versículo 39 (“Vocês estudam as Escrituras Sagradas porque pensam que vão encontrar nelas a vida eterna. E são elas mesmas que dão testemunho a meu favor.”).

Inédita no mercado nacional, o Novo Testamento à prova d’água foi desenvolvido com tecnologia que permite fazer anotações em suas páginas com canetas esferográficas e lápis. É altamente resistente, e indicada especialmente para os praticantes de esportes, em particular os aquáticos e os de aventura. Texto bíblico na Nova Tradução na Linguagem de Hoje (NTLH) e adaptado à reforma ortográfica da língua portuguesa.

Recurso

Texto bíblico: NTLH

Vocabulário

Como encontrar ajuda no Novo Testamento

Mapas

Características

Código: NTLH250

ISBN: 978-85-311-1226-3

Páginas: 280 Formato: 12,0 x 18,0 cm

Cor da capa: Azul e laranja ou Rosa

As folhas são de plástico e bem finas, lembrando levemente a aparência do papel-bíblia, apesar de serem mais grossas e pesadas. Suas folhas realmente são impermeáveis, não se degradando quando molhadas. A letra é de um tamanho bom, bastante agradável à leitura. O texto bíblico da NTLH é bom para trabalhar com juvenis e adolescentes, pois é um texto que pode ser compreendido mais facilmente, por sua linguagem simples e coloquial, aproximando o texto bíblico da língua falada no dia-a-dia.

O vocabulário possui 8 páginas, com 125 verbetes. Pode parecer pouco comparado aos vocabulários de algumas Bíblias, mas é um bom número quando se leva em consideração a linguagem mais simples da NTLH.

O recurso “Como encontrar ajuda no Novo Testamento” possui 3 páginas é composto de duas partes: Ajuda em circunstâncias especiais e Confrontando sentimentos que perturbam. É semelhante aos encontrados em algumas Bíblias, com uma situação ou pergunta é textos bíblicos (nesse caso apenas do Novo Testamento) para a ocasião, porém com mais situações e perguntas que os outros que já encontrei.

Ela apresenta dois mapas: Mundo do Novo Testamento e Jerusalém nos tempos de Jesus. Outras Bíblias apresentam mais mapas referentes ao Novo Testamento, como as viagens de Paulo e a terra de Israel no tempo do Novo Testamento.

O plástico utilizado permite a utilização de caneta para se fazer anotações, porém a tinta pode borrar quando ainda fresca, portanto cuidado para não esfregar o dedo sobre a anotação. Da mesma forma, quando a tinta ainda está fresca é possível apagar a anotação (e os borrões) utilizando álcool, quando seca pode produzir borrões de tinta grandes. Já as anotações à lápis ficam muito boas e é possível apagá-las com borracha, sem que fique qualquer mancha. Não é bom escrever com força, pois as folhas ficam com marcas (tipo baixo relevo), semelhantes à quando se escreve com força em papel. Em relação à escrita esse plástico é um material muito bom, já que permite escrever e apagar, tanto à caneta quanto à lápis, o que não é possível em papel-bíblia.

As folhas podem grudar uma nas outras quando estão molhadas ou úmidas (fato comum quando encostamos duas superfícies plásticas com água entre elas) e elas demoram um pouco (algumas horas) até ficarem completamente secas novamente, soltando um pouco de água no início e ficando com algumas páginas grudadas, porém é fácil separá-las e praticamente não há risco de rasgá-las ao tentar separar uma página da outra.

Para mim é uma boa Bíblia para se levar em acampamentos, pernoites, trilhas, rapel e outras atividades ao ar livre, ou qualquer lugar no qual você queira ler sua Bíblia sem o risco de estragar alguma parte dela devido à água. Uma desvantagem é de ser apenas o Novo Testamento, e não a Bíblia completa.

Onde comprar? Na loja online da SBB.

Azul e laranja – http://www.sbb.com.br/detalhes.asp?idproduto=1116421

Rosa – http://www.sbb.com.br/detalhes.asp?idproduto=1116422

Teste você também e nos diga o que achou!

P.S.: Daqui há nove dias, no dia do aniversário de 2 anos do nosso blog, estaremos sorteando um Novo Testamento à prova d’água. Para concorrer basta acessar a nossa página do Facebook e se inscrever na promoção!

 

Semana de Oração Jovem 2012

A cada ano, uma semana é dedicada a comunidade jovem adventista, família e amigos para oração. Na maior parte das congregações adventistas sul-americanas são apresentadas mensagens bíblicas com ênfase para os jovens. Em 2012, o tema geral será Escolhas  para baixar os materiais de divulgação, clique abaixo.

? Cartaz

? Sermonário com ideias e dicas para dinamizar a programação.

A Semana de Oração Jovem desse ano vai acontecer nas igrejas de 14 a 21 de julho. Uma semana antes, de 7 a 14 de julho, mais uma vez serão veiculadas mensagens especiais por TV e web apresentadas através dos canais da Novo Tempo. Quem vai falar pela TV nesse ano é o pastor Ivan Saraiva, apresentador dos programas Está Escrito e Está Escrito Adoração.

Semana Jovem 2012 - Escolhas

Será possível assistir, portanto, ao programa especial pela TV Novo Tempo (SKY e sinal aberto e mais de 500 cidades brasileiras às 21 horas – horário de Brasília) ou pelo Canal Executivo (parabólica ou pela web às 20 horas – horário de Brasília) de 7 a 14.

Outras informações sobre o programa diretamente com o Ministério Jovem de cada congregação adventista local. 

Fonte: [Equipe ASN, Felipe Lemos]

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...