Archive | August 2011

Revista Desbravar tem lançamento durante culto de consagração

Agradecer e louvar a Deus pela oportunidade concedida por Ele em desenvolver mais um veículo que propague Sua Palavra e ensinamentos. O lançamento oficial da Revista Desbravar ocorreu em uma atmosfera de muita oração e adoração no último sábado de agosto (27), na Igreja Adventista do Sétimo Dia de Casa Verde. Mais de 100 pessoas compareceram na ocasião. 

Os membros presentes tiveram a oportunidade de ouvir a pregação do pastor Paulo Fernandes, Ministério Jovem e Desbravadores da Associação Paulista Leste (APL), e as mensagens musicais de Daniel Ribeiro e Marcos Fernando (também conhecido como Batata). O sermão do pastor mostrou como o ato de desbravar foi importante para a divulgação das primeiras publicações adventistas.

A nova revista dos desbravadores nasceu em meados do primeiro semestre deste ano para atender aos anseios da galerinha dos Clubes espalhados por todo o nosso Brasil, inclusive pais e diretoria. De fácil compreensão, a publicação busca tornar os jovens mais comprometidos com a pregação do evangelho, o bem-estar da comunidade e da igreja. “A Desbravar já é uma realidade, e que o Senhor continue usando todos da equipe para guiar esse serviço”, diz o diretor executivo Marcelo Inácio.

“Temos a convicção de que essa revista será um marco na vida de cada desbravador. Afinal, eles carecem de um material produzido especialmente para eles. Desejamos, humildemente e com muita responsabilidade, fazer a diferença em muitas vidas”, acredita o diretor comercial Rafael Sampaio.

Lopes Henrique, diretor de jovens da IASD Casa Verde, espera que a Desbravar seja uma fonte de referência para os clubes do Brasil. “Torço para que, através dela, possamos integrar os objetivos e canalizar as energias para desenvolver e capacitar os jovens a desempenhar um papel de extrema importância para os últimos momentos deste mundo. Maranata!”, analisa.

Atualmente, a Desbravar é disponibilizada na versão online em algumas plataformas da internet. No entanto, o intuito de toda a equipe é torná-la impressa o quanto antes. Uma enquete disponibilizada no site da revista ratificou esse desejo desbravador.

O pastor Paulo Fernandes identifica o potencial dessa publicação. “Nossos jovens estão conectados em quase todas as redes sociais da internet. Ou seja, é a revista certa para a geração certa. Seu alcance pode ser ilimitado”, enfatiza.

Por sua vez, William Guimarães, diretor de Desbravadores da IASD Casa Verde, acredita que “a Desbravar veio para, literalmente, desbravar o interesse na busca pelos ideais e na aproximação com Deus.”

O desafio está lançado. Para essa empreitada, não existe outra saída: Desbravar é preciso!

Divulgue a revista por toda a internet:

www.desbravar.com.br

facebook.com/desbravar

twitter.com/desbravar_

Fonte: Revista Desbravar

 

Nós, para a classe de Companheiro

Os nós fazem parte da identidade dos desbravadores, por isso são aprendidos já na primeira classe. Antigamente a classe de Companheiro pedia para para “Aprender ou recapitular os seguintes nós: a. Oito b. Volta do salteador c. Volta esticada ou paradora d. Caminhoneiro”. (Apesar de o nó volta esticada ser colocado como sinônimo do nó volta paradora, são dois nós distintos, um é variação do outro). Atualmente, ela pede para “Aprender ou recapitular os seguintes nós: a. Oito b. Volta do salteador c. Duplo d. Caminhoneiro e. Direito f. Volta do Fiel g. Escota h. Lais de Guia i. Simples”.

A maioria desses nós são da classe de Amigo (confira aqui), então postamos aqui vídeos apenas dos nós que eram da antiga classe de Companheiro e os que são da nova classe e não estão na classe de Amigo. (Alguns vídeos estão em inglês, mas é só prestar atenção em como se faz o nó que você não terá nenhum problema em entender). Confira:

Nó oito

Volta do salteador

Volta esticada

Volta paradora

Nó de caminhoneiro

Nó duplo ou nó de fita ou nó d’água

Se você quiser aprofundar seu conhecimento sobre nós, sugerimos que instale no seu computador o quadro de nós virtual, desenvolvido pelo Clube de Desbravadores Eclipse (Serra/ES), disponibilizado para download AQUI. Você pode acessar também o site do Grupo Escoteiro Japão. E se você gosta de nós ornamentais, não perca o nosso Recomendamos!

Especialidade de Mamíferos Marinhos: aprendendo a pesquisar

Quem são os mamíferos marinhos? Você vai aprender mais sobre esses animais que têm muitas coisas em comum conosco, afinal também somos mamíferos.

Você vai aprender sobre alguns dos principais grupos de mamíferos marinhos: suas principais características, onde eles vivem, do que se alimentam? Qual deles é o maior mamífero marinho do mundo? 

Você também aprenderá o significado de alguns termos importantes no estudo desses animais. Para que serve a gordura dos cetáceos? E por que alguns dos mamíferos marinhos são caçados?

Que suposto mamífero marinho teve participação em uma importante história bíblica? E que história foi essa?

Tudo isso você vai aprender nesta especialidade. Para completá-la, aqui estão os requisitos:

  1. Ser capaz de identificar três de cada um dos animais a seguir, e saber onde cada um pode ser encontrado. Conhecer o nome científico de pelo menos um de cada grupo.
    • a. baleias com barbatanas
    • b. focas
    • c. golfinhos
  2. Conhecer a história de como Deus usou uma baleia nos tempos bíblicos.
  3. Qual o maior mamífero do mar?
  4. Explicar as expressões a seguir:
    • a. saltos
    • b. ecolocação
    • c. barbatana
    • d. cardume
    • e. harém
    • f. plâncton
  5. Desenhar a cadeia alimentar de dois mamíferos marinhos diferentes.
  6. Qual é o propósito da gordura dos cetáceos?
  7. Saber duas razões porque as focas são caçadas.
  8. Descrever porque as focas e golfinhos podem mover-se tão rapidamente na água.
  9. Fazer uma das tarefas a seguir:
    • a. Ir a um aquário da cidade. Descobrir a agenda diária de alimentação de um mamífero marinho.
    • b. Fazer um relatório de 750 palavras sobre um mamífero marinho. Incluir ilustrações.

A seguir estão alguns sites de informações confiáveis que podem ajudar no estudo desta especialidade. Apesar de confiáveis, muitos deles apresentam suas informações parcialmente ou totalmente sob um ponto de vista evolucionista, expressões como “milhões de anos”, “processos evolutivos”, “ancestrais”, “antepassados”, etc. Desconsiderem essas informações.

Caso você tenha alguma indicação de fonte, nos deixe um comentário ou envie um e-mail.

O importante cuidado com os pés

Na postagem Os 10 erros mais frequentes dos excursionistas, dois dos erros listados estão diretamente ligados com os pés: calçados impróprios e pisada errada. Nesta postagem vamos falar sobre outro ponto que deve ser observado na prática de atividades físicas: a escolha da meia adequada.

Os esportes de aventura exigem mais energia e força do seu corpo inteiro, e por isso é imprescindível garantir pés seguros e confortáveis, para sustentar uma atividade saudável e manter o alto desempenho.

As bolhas são lesões que costumam prejudicar muitos aventureiros, causando dores desconcertantes e transformando a melhor atividade em uma experiência insuportável. A dor pode ser tão incômoda que chega a tirar a concentração, provocando quedas e outros acidentes que poderiam ser evitados.

Alguns cuidados essenciais com os pés são indispensáveis para evitar tais consequências. Entre eles, escolher meias adequadas, que beneficiam a transpiração e mantém os pés secos durante a atividade, para evitar a formação de bolhas e feridas.

  • Evite usar meias de algodão em atividades de alta transpiração, pois elas absorvem o suor e deixam a pele mais suscetível às lesões.
  • Priorize meias fabricadas com materiais respiráveis sintéticos, que beneficiam a respirabilidade da pele, mantendo os pés mais arejados e confortáveis.
  • Antes de sair para atividades mais intensas, procure fazer uma experiência de uso para testar conforto e resistência.
  • Lembre-se que a melhor opção de meias, sempre dependerá do tipo de atividade que você irá praticar. Fique atento às informações e garanta bons resultados.

Fonte: Pé na Trilha

Desbravadores fazem coleta seletiva e consciente de lixo

No dia 21 de agosto comemorou-se em Planaltina (DF) o 152º aniversário da cidade. Foram realizados desfiles de várias escolas e instituições da cidade, sendo que vários clubes de Desbravadores de Planaltina participaram das festividades. Logo após o momento cívico o Clube de Desbravadores Querubins e o Clube de Desbravadores Luzeiros da Esperança participaram do projeto ‘Limpa Brasil, Let’s do it!’.

Este projeto tem o apoio da UNESCO (Organização das Ações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura) e já foi realizado em várias cidades. No dia 21 a cidade escolhida foi Brasília, sendo que em Planaltina o local onde ocorreu o projeto foi a Praça do Estudante, próximo ao Colégio Adventista de Planaltina. O objetivo deste projeto é incentivar a população a se conscientizar de que é importante e possível realizar a separação de produtos recicláveis. Os resíduos coletados pelos Desbravadores foram destinados às cooperativas de catadores envolvidas no projeto.

Mas para quê separar os materiais em casa se no Distrito Federal não existe a coleta pública seletiva? Apesar da cidade não recolher separadamente o lixo, existem catadores que trabalham com a coleta seletiva de casa em casa, e assim conseguem sua renda.

Veja a seguir algumas dicas de como contribuir com esse projeto:

Quando for ao supermercado leve sacolas que podem ser reutilizadas, como de pano ou sacos de papel, que possuem uma durabilidade melhor.

Não jogue no lixo papéis, sacos de plásticos, latinhas de alumínio, etc.

Os materiais acima citados podem ser reciclados, então selecione e doe para catadores ou cooperativas em sua cidade. [Por Hugo Oliveira]

Para conhecer mais o Clube de Desbravadores Querubins acesse: www.clubequerubins2011.blogspot.com

Fonte: APlaC

Aprovado Dia Municipal dos Desbravadores em Campo Mourão

Desbravadores participando do Desfile 10 de Outubro em Campo Mourão (Foto: Fernando Lorenzzo)

A Câmara Municipal de Campo Mourão aprovou nesta semana o projeto de lei do vereador José Pochapski, que institui o Dia Municipal dos Desbravadores, a ser comemorado no quarto sábado do mês de abril. Somente nesta cidade mais de 200 jovens participam do Clube de Desbravadores. Nele, os adolescentes e jovens aprendem sobre a Bíblia, saúde, natureza, civismo e a desenvolver suas habilidades interpessoais. É um projeto da Igreja Adventista do Sétimo Dia, mas se estende a toda população.

A iniciativa será enviada para sanção do prefeito Nelson Tureck. Segundo o vereador José Pochapski, o Clube de Desbravadores colabora para tirar os adolescentes da ociosidade, ensinado a desenvolver diferentes atividades. “Colabora de forma indi­reta, mas positivamente com os Poderes Públicos. Eles orientam juvenis entre 10 e 15 anos, para o respeito aos símbolos pátrios e defesa do meio ambiente. Desviando-os das drogas, dos furtos, da prostituição dentre outros comporta­mentos antissociais”, explica o vereador.

[Colaboração: José Pochapski]

Fonte: USB


Clubão reúne mais de mil desbravadores em Mato Grosso

Cuiabá,MT…[ASN] Reunir os desbravadores de Cuiabá, Várzea Grande e cidades próximas para treinamentos, gincanas e estudos de diversas especialidades como nós, histórias cristãs, música, higiene bucal e outros; esse foi o objetivo do Clubão que reuniu mais de mil desbravadores no local conhecido como clube do japonês, nos dias 19 a 21 de agosto, em Cuiabá, Mato Grosso.

A abertura da programação, na sexta-feira (19), em Cuiabá se deu com a entrada das bandeiras e o símbolo dos cartões das classes de amigo, companheiro, pesquisador, pioneiro, excursionista, guia e líder. Em todos os dias do encontro, os presentes recitaram voto, lei, alvo, lema, propósito, objetivo e voto à Bíblia, além de cantar o hino dos desbravadores. Com um machado, líderes, regionais e pastores marcaram a abertura do evento.
O encontro contou com a participação da cantora Etiene Pires e do pastor Wesley Zucowski, diretor geral do Instituto Adventista Brasil Central (IABC) que trouxe a Palavra de Deus para os meninos e meninas durante os três dias de programa.

No sábado, regionais que trabalham há muitos anos com os desbravadores foram condecorados e pastores receberam a insígnia de excelência. A mensagem espiritual, ministrada pelo pastor Zucowski enfatizou a importância da fidelidade, tendo como personagem central José. Ele delineou toda a trajetória da vida e família do personagem bíblico, lembrando que ele tinha tudo para se tornar um adolescente revoltado e descrente em Deus. “Mesmo tendo sido jogado dentro da cisterna, vendido para o Egito, preso e maltratado José continuou confiando em Deus. Ele decidiu ser o melhor, independente da situação em que vivia e, mais tarde, obteve o reconhecimento da sua fidelidade”, lembrou.

À tarde, a programação sabática incluiu o estudo de especialidades como origami, vida familiar, orientação, música, nós, higiene bucal, primeiros socorros, entre outros. Os desbravadores ainda participaram de uma gincana para testar os conhecimentos bíblicos dos grupos. À noite, todos se envolveram em gincanas e fogo do conselho.

Weliton Barbosa é integrante do clube Zenith e está fazendo o cartão de líder. Ele destaca que o ensino das especialidades foi algo muito proveitoso no clubão. “Uma das especialidades que fiz foi a de primeiros socorros, que podemos utilizar a qualquer momento. É essencial que prestemos atenção na hora de socorrer uma pessoa porque se a pegarmos de qualquer jeito podemos piorar a situação”, explica.

Mas o ponto auge do evento aconteceu no domingo, quando os clubes de desbravadores fizeram especialidades para cumprir metas dos cartões de classes e foram surpreendidos com a presença do Grupamento Águia no acampamento, que voou de helicóptero a poucos centímetros do chão e realizou um rapel de dentro da aeronave. [Equipe ASN, Ellen Ribeiro]

Fonte: ASN

Recomendamos

Eu conheço minha história

A Bíblia é uma biblioteca recheada de temas, como: histórias, profecias, poesias, hinos, palavras de sabedoria… É normal que cada um goste mais de um ou dois temas.

Quem gosta da parte histórica se emociona e se encanta ao ver como Deus conduziu o seu povo teimoso ao longo de toda a história. É possível também ver como Cristo fundou a Igreja e como Deus conduziu essa preciosa Obra.

A história da Igreja fundada por Cristo continua nos nossos tempos. Como parte final do Seu plano de proclamação do Evangelho, Deus instituiu a última Igreja desta terra, para proclamar as 3 mensagens angélicas ao mundo. O mais interessante é que Deus já tinha deixado registrado na Bíblia, através de profecias, a origem desta Igreja!

Você conhece a história dessa Igreja? Provavelmente sim, mas e os seus desbravadores? 

O e-book Eu conheço minha história é uma obra fantástica, que conta, numa linguagem adaptada para o público infanto-juvenil, a história da igreja remanescente de Deus, a Igreja Adventista do Sétimo Dia. Não deixe de imprimir uma cópia e levar para os seus desbravadores neste domingo, eles também precisam conhecer essa história!

Faça o download abaixo:

Introdução
Capítulo 1
Capítulo 2
Capítulo 3
Capítulo 4
Capítulo 5
Capítulo 6
Capítulo 7
Capítulo 8
Capítulo 9
Anexos

Salmo 23, para a classe de Pioneiro

Há muitos anos, em uma festa na Inglaterra, um famoso ator foi convidado a recitar alguns versos aos seus convidados. Ele concordou em fazê-lo e perguntou se havia algo especial que sua audiência desejaria ouvir. Houve silêncio por um momento, então, um velho pregador disse: “o senhor poderia recitar-nos o Salmo 23?” Um olhar estranho estampava a face do ator; ele ficou em silêncio por um estante, então disse, ”eu posso, e farei sob uma condição: que após eu tê-lo recitado, você, meu amigo, faça o mesmo.” Surpreso, o pregador respondeu, “Mas eu não declamo versos muito bem. Contudo, se assim desejas, eu o farei.”

Então o magnífico ator começou a recitar o Salmo. Sua voz e entonação eram perfeitas. Ele deixou sua platéia fascinada e ao terminar, foi aplaudido euforicamente. Quando a multidão silenciou-se, o velho pregador se ergueu e começou a recitar o salmo. Sua voz não era extraordinária, sua entonação não era perfeita. Quando ele terminou, nenhum som de aplauso quebrou o silêncio. Não havia sequer um rosto enxuto no auditório e muitas cabeças estavam curvadas.

O ator levantou-se novamente, sua voz embargava e colocando a mão nos ombros do velho disse: “eu alcancei seus olhos e ouvidos, meus amigos; mas ele alcançou seus corações. A diferença é apenas essa: “eu conheço o Salmo 23, mas ele conhece o Pastor do Salmo.”

Da mesma maneira, é possível que sejamos bons em recitar textos bíblicos. Nós podemos até conhecer muito sobre a Bíblia e o que ela ensina e impressionar outros com nosso conhecimento. Mas o mais importante é conhecer Aquele que nos fala através da Bíblia. Em outras palavras, através do estudo da Palavra de Deus, nós precisamos desenvolver uma amizade com Ele pessoalmente.

Esse texto da Visionário Teen nos ajuda a entender bem o contexto do Salmo 23, que é parte do requisito 2, da seção Descoberta Espiritual da classe de Pioneiro. O mais importante para o desbravador não é apenas memorizar os textos bíblicos e pronto. Ele precisa entender o seu significado e aprender a ter um relacionamento pessoal com o maravilhoso pastor do salmo 23!

É claro que não podemos dispensar o desbravador da tarefa de memorizar, faz parte do processo. Para isso, nada melhor que uma música, não é? Quem aqui não se lembra de algum conteúdo da escola por causa de uma música que o professor ensinou? Então, para ajudar seus desbravadores a memorizarem o verso, baixem a música abaixo e levem para os seus desbravadores.

Download

O arqueólogo Rodrigo Silva já dedicou um episódio do programa Evidências, da TV Novo Tempo, ao salmo 23. O programa foi maravilhoso para nos ajudar a entender o contexto original do verso, nos preparando melhor para ensiná-lo aos nossos garotos e garotas. Confiram abaixo (lembrem-se: o vídeo abaixo é apenas para ajudá-los na instrução, NÃO É PARA VOCÊS BAIXAREM E PASSAREM PARA OS DESBRAVADORES, OK? Pois o conteúdo não é adaptado para crianças de 10 anos):

No site da revista Visionário Teen, de onde retiramos o texto inicial, encontramos uma atividade suplementar para ajudar as crianças a entenderem a atitude do Pastor em relação às suas ovelhas. Vale a pena conferir (AQUI) e ensinar essas preciosas lições aos desbravadores da sua classe!

Especialidade de Química: aprendendo a pesquisar

“Para que eu preciso estudar isso? Não vai servir de nada para a minha vida”… Não sei quantos de vocês já ouviram a infeliz frase, mas eu já ouvi várias e várias vezes. No final, todos reconheceram (gostando ou não) que estavam errados…

O grande problema é que muitas vezes não conseguimos aplicar os conhecimentos teóricos à prática. Ora, sem o estudo da química não teríamos detergentes, shampoo, creme dental, sabão, sabonete, medicamentos… Ou seja, a química é essencial para a nossa vida!

O que é tabela periódica? Elementos químicos? Estados da matéria? A especialidade de química é uma excelente oportunidade para você aprender a teoria e aplicá-la na prática, através dos experimentos do requisito 5. Não perca tempo, comece a sua agora mesmo e ensine aos seus desbravadores também, confira os requisitos:

  1. Definir o seguinte:
    1. elementos
    2. compostos
    3. símbolos químicos
    4. soluções
    5. átomos
    6. moléculas
    7. tabela periódica
    8. combustão
    9. ácido
    10. sal
    11. próton
    12. nêutron
    13. eletron
    14. destilação
    15. destilação fracionária
    16. filtragem
  2. Que gases eliminam a vida, e como? Explicar o princípio de um dos elementos químicos usados para incêndios.
  3. Mencionar duas fontes comuns de monóxido de carbono. Por que é uma substância perigosa?
  4.  Quais os estados da matéria?
  5.  Escolher e fazer cinco das alternativas a seguir, e explicar a reação química que ocorre:
    1. Tentar acender um cubo de açúcar, primeiro sem, e depois com algumas cinzas aplicadas ao cubo, demonstrando a ação catalisadora.
    2. Colocar um cubo de gelo num copo com água, colocar um barbante de 10 centímetros em cima do gelo no copo, então solucionar o problema de tirar o cubo de gelo da água sem tocá-lo.
    3. Usando água, aguarrás e sabão, transferir uma foto de jornal para uma folha de papel em branco.
    4. Usando uma vela e um pedaço de papelão, demonstrar visualmente as três partes de uma vela.
    5. Usando uma bacia de água, fósforos de madeira, um torrão de açúcar e um pouco de sabão, demonstrar a ação do açúcar e do sabão sobre fósforos que bóiam na água.
    6. Colocar um ovo fresco em água doce, e depois salgar a mesma, anotando a diferença.
    7. Demonstrar que a ferrugem usa oxigênio, usando malha de aço, um lápis, um elástico, um copo de água e uma jarra de água.
    8. Demonstrar as cores produzidas quando os elementos a seguir são queimados: sal, cobre, sulfato e ácido bórico.
    9. Fazer uma tinta invisível.
    10. Demonstrar que a água sanitária ou o bicarbonato de sódio contém água.

Logo abaixo estão as alguns sites com informações confiáveis que podem ajudar no estudo desta especialidade. Apesar de confiáveis, alguns deles podem apresentar informações sob a visão evolucionista, expressões como “milhões de anos”, “processos evolutivos”, “ancestrais”, “antepassados”, etc. Desconsiderem essas informações.

Caso você tenha alguma indicação de fonte, nos mande um e-mail ou deixe um comentário.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...