Especialidades [mal]respondidas

Quem é desbravador há algum tempo certamente conhece esse site! Até alguns anos atrás, era a febre, quase todas as especialidades respondidas! Mas qual o problema nisso?

Vejamos a filosofia que a Divisão Sul Americana adota a respeito: “As especialidades são estruturas básicas de conhecimento sobre o assunto e muito se deve estudar para ser um especialista. Por isso, não divulgamos as respostas básicas – como infelizmente alguns sites fazem – prejudicando o desenvolvimento intelectual e até moral dos membros, considerando a falta de ética e desrespeito cristãos. Denuncie! Estamos, acima de qualquer coisa, declarando nosso repúdio a estas divulgações ilegítimas, desejando claramente que você, desbravador, também se posicione e motive seus companheiros a fazer alguma coisa contra, mesmo que seja apenas dizer ‘não'”.

Aqui está claramente o objetivo deste post, poderíamos acabar por aqui, mas isso ainda não é suficiente… Infelizmente muitos Clubes, líderes e desbravadores utilizam desse material para fazer as suas especialidades. Isso prejudica o desenvolvimento intelectual tanto por fazer com que eles não tenham praticamente nenhum trabalho de pesquisa quanto pela qualidade das respostas. Ao aderirmos a essa prática, estamos estagnando o nosso conhecimento, e acabamos sempre “aprendendo” daquele mesmo conhecimento medíocre.

A qualidade das respostas deixa muitíssimo, muitíssimo mesmo a desejar. Neste final de semana será o nosso TBD, então o líder Mateus Campos, que é engenheiro florestal e eu separamos alguns exemplos para vocês, que juntamos numa simples olhada por alto.

Além de separarmos exemplos de algumas especialidades, criamos a seção Especialidades: aprendendo a pesquisar, com o intuito de disponibilizar fontes confiáveis para o estudo das especialidades, em lugar de divulgar especialidades respondidas.

__

Alerta Vermelho: 3. Demonstrar que medidas de primeiros socorros você deveria tomar numa emergência nas seguintes circunstâncias:

d. Alguém que engoliu veneno:Incitar o vômito na pessoa e levar o mais rápido possível a um hospital para lavagem gastrintestinal.

Como assim? Isso é o que NUNCA devemos fazer nestes casos.

__

Resgate Básico: 2. Demonstrar como resgatar, com segurança, uma pessoa nas seguintes situações:

b. em ambiente cheio de fumaça ou gás – andar mais próximo ao chão possível, pois a fumaça tende a subir. Abrir todas as portas e janelas que possível. Se houver fogo no local, molhe a roupa (mas fique longe do fogo, você não está 100% protegido).

c. com as roupas em chamas – devemos abafar com um cobertor ou pano, de preferência molhado. Não deixe a pessoa correr. Rolar no chão pode espalhar o fogo.

O que acontece quando esquentamos a água? Ela ferve! Parece óbvio, mas é isso que acontece também às roupas e cobertores molhados. O fogo pode fazer com que ela ferva, queimando ainda mais a pessoa! Efeito completamente contrário, não?

__

Arbustos: 7. Observe algum arbusto que esteja florido e relacionar a maior quantidade de insetos possível (pelo menos três) que venham buscar pólen ou néctar nas suas flores.

Item prático. NOTA – O arbusto bico-de-papagaio é alvo de aranhas-de-jardim e cochonilhas.

Tudo bem, mas e os insetos? (aranhas não são insetos!) Além disso, cochonilhas não vão buscar pólen nem néctar em nenhuma planta, elas sugam a seiva das plantas.

__

Aves: 1. Apresentar duas características que diferenciam as aves de todos as outras criaturas.

Possuem penas, bico, sangue quente e asas.

O ornitorrinco e as tartarugas também possuem bicos; mamíferos também possuem sangue quente; morcegos também possuem asas. Então só sobra uma característica!

__

Primeiros Socorros – Nível Básico: 1. Conhecer as causas do choque e demonstrar o tratamento adequado.

O sangue flui de forma alterada. O coração, cérebro e órgãos vitais podem ficar sem sangue e a pessoa pode morrer se não for atendida no tempo certo. Ocorre por queimaduras graves, hemorragia acentuada, ossos quebrados e grandes ferimentos. O choque pode ocorrer em decorrência de uma doença grave. Qualquer ferimento grave pode causar o choque.

Este é apenas um tipo de choque, o hipovolêmico, e quanto aos outros tipos (cardiogênico, anafilático, neurogênico)? Mais uma resposta incompleta!

__

Primeiros Socorros – Nível Básico: 6. Saber o procedimento adequado para tratar uma vítima de envenenamento.

Primeiro deve-se saber o que a pessoa ingeriu. Se ela ingeriu ácidos, amoníacos, alvejantes, desinfetantes, soda cáustica ou derivados de petróleo (gasolina, acetana, removedor, etc.) NÃO provoque o vômito. Caso tenha ingerido soda cáustica dê uma mistura de vinagre e suco de limão diluídos em água e logo em seguida dê leita ou clara de ovo. Em caso de ingestão de ácido, dê leite, água com bicarbonato, azeite de oliva ou clara de ovo para amenizar as irritações do aparelho digestivo. Nos casos de não ter ingerido nenhuma dessas substâncias acima, você pode incitar o vômito através de água morna ou dois dedos na garganta. Depois leve a vítima ao hospital para diagnosticar se o caso é grave ou não. Não esqueça de levar a amostra do que foi ingerido (o rótulo do produto).

Amigos, por favor, a única coisa que podemos fazer em casos de envenenamento é levar a vítima para o hospital o mais rápido possível. Se possível, levar o rótulo ou o vidro do que ela ingeriu. NUNCA devemos dar nada para eles “neutralizarem os efeitos”, e NUNCA, NUNCA mesmo, provocar o vômito.

__

Primeiros Socorros – Nível Básico: 13. Conhecer a diferença entre um ataque cardíaco, derrame, epilepsia e um simples desmaio, e o tratamento apropriado para cada um deles.

Epilepsia – A pessoa se debate e perde os sentidos temporariamente. Apenas evite que ela se machuque, afastando os objetos de perto dela. Não tente segurar seus movimentos.

Isto não é epilepsia, é convulsão. Epilepsia é uma doença, que não necessariamente evolui com convulsões (apesar de ser a maioria, 70%). Convulsão é este sintoma que está descrito. Para quem precisa saber a diferença…

__

Primeiros Socorros: 5. Conhecer o método de aplicar um torniquete, e quando usá-lo.

O torniquete é um meio de obstruir a passagem de sangue de um lugar do corpo para o outro. Geralmente feito em membros, consiste de um pano amarrado ao membro e apertado de tal maneira que impeça a passagem de sangue. Utilizado para conter hemorragias e picadas de cobra. Nós, desbravadores, não temos o costume de usar o torniquete NUNCA! Pois pode causar muitos problemas, como gangrena.

O único primeiro socorro disponível para picadas de cobra é lavar o local com água e sabão, manter a vítima calma e levar imediatamente para o hospital, de preferência o referência em picadas de cobra (aqui em Brasília é o HRAN).

__

Vida Familiar: 1. Explicar os papéis do pai, irmã e irmão como aparecem na Bíblia e no Espírito de Profecia.

Mãe – Deve cuidar do lar e da família em geral.

Isso é na visão de Deus ou na visão dos homens machistas da época bíblica ou da época de Ellen White?

__

Aracnídeos: 4. Apresentar três formas pelas quais as aranhas diferem dos insetos.

As aranhas tem 4 pares de patas, não tem antenas, não tem asas, possuem 6 a 8 olhos e têm o corpo dividido em 2 (cefalotórax e abdômen). Os insetos diferem por possuírem 3 pares de patas, 1 ou 2 pares de antenas, 1 a 2 pares de asas, 2 olhos (geralmente) e o corpo é dividido em 3 (cabeça, tórax e abdômen). (dois pares de antenas = crustáceos)

São insetos ou crustáceos, com 2 pares de antenas?

__

Árvores (essa é legal!):

4. Mencionar dois exemplos de cada árvore citada e explicar:e. as primeiras pessoas a descobrirem e descrever cada uma das árvores.

1ª) Seringueira – usada para tirar látex e fazer borracha, crescem em ambiente tropical, na região da floresta amazônica, tem seiva leitosa e pequenas flores, os primeiros a encontram foram os bandeirantes.

2ª) Pinheiro – usadas como árvore de Natal e lenha, crescem em ambiente subtropical a frio, em todo o mundo. São coniforme e de madeira fibrosa. Não há relatos de quem encontrou o pinheiro.

Será que o autor da especialidade não estava se referindo ao cientista que fez a descrição científica delas??? Ou a idéia era só saber a origem “folclórica” mesmo?

5. Mencionar o nome comum e explicar a diferença entre duas grandes classes de árvores.

Algumas famílias de árvores são: simarubáceas (madeira amarela e casco aromático), moráceas (com seiva leitosa e pequenas flores), marantáceas (monocotiledônias perenes) e pináceas (coniformes, com madeira fibrosa e de grande valor econômico). Um exemplo de morácea é a seringueira e de pinácea é o pinheiro.

Quando é perguntado a diferença entre duas grandes classes de árvores, o que se deseja é a diferença entre angiospermas e gimnospermas. Além disso, as marantáceas não são consideradas árvores em nenhuma classificação, já que são monocotiledôneas e nenhuma monocotiledônea tem porte de árvore. E pra completar, apenas são apresentadas algumas características bem simples de cada família, que não são suficientes para diferenciá-las.

__

Árvores – Avançado: 4. b. Qual a utilidade do primeiro e segundo nomes científicos?

O primeiro nome indica a família e o segundo a espécie da árvore, assim como nos animais.

Este matou as aulas de taxonomia. (1º = gênero, 2º = epíteto específico, 1º+2º = espécie)

__

Astronomia: 4. O que é constelação? Dar o nome e apontar seis delas. Dar o nome de duas constelações visíveis durante o ano todo.

c) CONSTELAÇÕES AUSTRAIS – São visíveis apenas do hemisfério Sul, como as do Cruzeiro do Sul, Cão Maior, Centauro, Mosca e Órion.

Cão Maior e Órion são constelações equatoriais, que podem ser vistas nos dois hemisférios.

__

Aves de estimação: 6. Quais são as leis de seu estado ou país com respeito à captura, criação e exportação de pássaros em gaiolas? Certifique-se que está agindo de acordo com a lei enquanto cumpre as exigências desta Especialidade.

Item Prático. As leis ambientais que envolvem as aves proíbem o comércio de aves nativas sem autorização do IBAMA, vetam a criação de aves silvestres ameaçadas de extinção (como a ararinha-azul e a ararajuba) e daquelas que não são autorizadas oficialmente. Pune com multas e reclusão os maus tratos, cativeiro, extermínio e tráfico de aves e auxilia nas campanhas de conservação e reintegração de aves à natureza.

Estas leis permitem a criação com autorização do IBAMA, mesmo de espécies ameaçadas de extinção.

__

Cactos: 1. Citar as principais características de um cacto.

Famílias das Cactáceas. Formam um família singular de plantas suculentas, espinhosas ou pilosas. Podem assemelhar-se a ouriços, bastões espinhosos, minúsculas pás, vasos decorados. Muitos podem ser cultivados em casa. Habitam nas regiões áridas ou semi-áridas. Seus espinhos são folhas atrofiadas, e servem para que eles não percam água inexistente em seu interior.

Cactos é um tipo de vegetação que habita em locais com pouca disponibilidade de água, não necessariamente em regiões áridas e semi-áridas (são coisas bem diferentes). Não tem como perder o que não se tem, mas eles têm água sim!

__

Cães: 2. Citar cinco características peculiares da família dos cães.

Todos os cães domésticos são: Amigos, Companheiros, Leais, Fiéis, adestráveis, têm excelente audição e olfato e infelizmente, vivem pouco (em relação ao homem). Os ariscos são decorrentes da má criação.

E quanto aos cães selvagens? O requisito se refere à família dos cães, e não apenas aos cães domésticos.

__

Climatologia: 6. O que causa os raios e trovões? Quais os tipos diferentes de raios que existem?

Ocorrem por descargas elétricas entre a nuvem e a Terra. O raio é a parte luminosa e o trovão é o barulho decorrente da descarga elétrica. O raio vem sempre antes do trovão (porque a velocidade da luz é maior que a do som). O raio é o clarão que dá e corta o céu como uma espécie de risco amorfo no céu. O relâmpago é um tipo diferente de raio, é um clarão em todo o céu, rápido e vivo.

Mais uma vez uma informação inadequada e incompleta, raio é a descarga elétrica visível entre nuvem e solo, entre diferentes nuvens, dentro de uma única nuvem ou entre uma nuvem e o ar circunvizinho.

__

Conservação ambiental: 3. O que significa o termo “morte” de um lago ou rio? Há algum lago ou rio em sua região ou cidade, que é classificado como “morto”?

É um rio onde não há mais vida, o teor de oxigênio é zero. Isso ocorre por fatores como: fábricas perto contaminando o ar e a água, empresas químicas descarregando na água, fazendas uso de inseticidas, etc. Na região paulistana, encontramos o rio Tietê, cortando toda a cidade. Ele é considerado um rio “morto”.

Um rio é considerado morto quando sua água se torna tão poluída que não pode mais suportar as formas de vida. Baixo teor de oxigênio é apenas uma das possíveis causas.

__

Sementes: 8. Que condições são necessárias para uma semente brotar?

Ela pode germinar no escuro, se alimentando do cotilédone (alimento inicial da planta), mas não pode crescer sem o sol, fonte de fotossíntese, que promover as trocas necessárias para que ela cresça e vire uma planta normal.

As condições básicas variam de espécie para espécie, mas nenhuma planta germina sem que haja um mínimo de ÁGUA!

__

Nota: Foram apenas 20 das 247 especialidades que temos no nosso Manual! Como visto, as respostas estão completamente fora do exigido, às vezes sendo exatamente o oposto. Sabemos que para alguns Clubes essa questão de instrução de especialidades e classes é um pouco complicada, um material com as respostas poderia ser útil para os instrutores, mas neste caso as complicações superam e muito as vantagens.

O que podemos fazer, como líderes de desbravadores, é NUNCA usarmos esse material como fonte de instrução, pois em apenas 20 delas já vimos que não são confiáveis. O objetivo de colocá-las aqui não é porque são apenas estes os erros, que se mudar esses requisitos o restante está correto, de jeito nenhum! Estes foram apenas alguns exemplos para comprovar para vocês que este material deveria ser excluído definitivamente da internet e nunca mais ser usado em Clube algum.

A melhor fonte de pesquisa continua sendo os bons livros e os sites confiáveis da internet (que inclusive é um assunto para um próximo post!), onde os instrutores e desbravadores desenvolverão suas faculdades intelectuais através do cumprimento correto do programa das especialidades.

Quaisquer sugestões sobre o tema, é só fazer um comentário abaixo, ou mandar um email para: allasouju@gmail.com.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

25 ideias sobre “Especialidades [mal]respondidas

  1. Valeu cara realemnte e errado nos procurarmos respostas prontas mas se nao ha uma divulgaçao oficial como poderemos controlar as respostas?? so noi que os diretores e lideres locais puderem pesquisar?
    Achu que poderiam no minimo liberar alguma coisa pros regionais para que eles pudessem corrigir estas provas ae sim nos colocariamos moral nisso!
    Valeu pela iniciativa!

  2. Olá Estevam,

    Essa questão das especialidades é realmente bastante complicada. Seria bastante interessante se houvesse um material para os regionais controlarem melhor as respostas, mas sabemos que ia acabar vazando essas informações e cairíamos no mesmo erro…
    Então assim, o que podemos fazer e sempre ir atrás de uma pessoa da área mesmo, para que ela possa instruir a especialidade e avaliar depois.
    Mas isso nos deu uma idéia, a partir dessa semana aqui no blog, vamos colocar uma especialidade com as referências bibliográficas confiáveis para que os instrutores possam se basear para a instrução.
    Inclusive quem tiver algum material sobre especialidades que queira compartilhar conosco, é só enviar um email para: allasouju@gmail.com.

    Um abraço e seja sempre bem-vindo!

  3. Olá faz pouco tempo que conheci o blog de vcs e esse tópico me chamou a atenção apesar dele ter sido escrito em janeiro não posso deixar de comentar.
    se um instrutor Usa o material de qualquer site, sem uma breve pesquisa seja ele qual for ele não está preparado para ser um instrutor.

    acredito que a propaganda contra o site é invalia pois eu bem me recordo que a alguns anos atras quando não se tinha quase nada disponivel na internet sobre desbravadores ele sempre socorreu o meu clube.
    mais é claro nunca, repito nunca utilizei ele e somente ele como fonte de orientação.
    apoio a iniciativa do blog de postar especialidades e incentivar a pesquisa mais creio que como irmãos de lenço, uma critica assim ao site não seja tão aproveitavel como uma possível cooperação entre o site eo blog para que o material levado aos desbravadores seja da melhor qualidade possivel, aproveito e deixo aqui meu e-mail (alpha.supri@gmail.com) para que se precisarem de qualquer coisa estarei disposto a ajudar mais do que a “criticar”

    MARANATA

  4. Ivonei,

    Muito obrigado pela sua colaboração. Concordo plenamente que se o instrutor não pesquisa bem o assunto para dar a instrução, ele não está preparado. E é exatamente esse o ponto principal!

    Sobre o site, essa não é simplesmente a nossa posição, é a posição da Divisão Sul Americana, que inclusive é mais rígida, ao dizer que temos que denunciar esse tipo de site. A DSA declara seu repúdio a esse tipo de divulgação e nós seguimos essa filosofia.

    Porém, para não ficar apenas na “crítica”, é que criamos a seção Especialidades: aprendendo a pesquisar (http://www.cantinhodaunidade.com/2011/01/especialidades-aprendendo-pesquisar.html). Nesta seção, direcionamos a pesquisa do instrutor e/ou desbravador, para que eles possam encontrar um material de qualidade para instruir/cumprir a especialidade.

    São dois os principais problemas desse tipo de site: 1) é que em geral as respostas estão erradas ou incompletas, então, uma pessoa que não tem conhecimento sobre o assunto (o que é a maioria que procura) acaba aprendendo errado, se não for atrás de mais fontes; 2) já está tudo mastigado, atrapalhando o desenvolvimento do desbravador/instrutor por não precisar ir atrás da informação.

    Infelizmente, realmente tínhamos poucos materiais na internet para os desbravadores, porém, na nossa realidade atual, não é bem assim mais. O acesso à informação está cada vez maior e podemos usar a internet de maneira responsável para nos ajudar com os requisitos dos cartões e das especialidades.

    Sobre a interação. No atual site especialidades.org, onde anteriormente estava hospedado o site acima (e que ainda encontra-se disponível num dos links), temos uma seção para materiais (o que é uma excelente opção) e também uma lista com comentários nas especialidades. Adivinha só, os comentários são praticamente as mesmas respostas do site anterior! Mandei uma correção para uma das questões, para ver como funcionaria e até agora não obtive resposta (já vai fazer quase 1 mês).

    Bem, o objetivo do Cantinho da Unidade é ajudar o máximo os Clubes de Desbravadores, por isso adotamos essa política e estamos trabalhando na solução (já temos 6 especialidades na seção e mais 3 programadas!).

    Mais uma vez, obrigado pela colaboração e seja sempre bem-vindo ao nosso Blog. Qualquer sugestão de material ou idéias para melhorar o funcionamento dos Clubes, é só nos mandar um email.

    Um abraço e fique com Deus!

    O Senhor logo vem!

  5. Neste site tem coisa muito pior, na parte de primeiros socorros informa que devemos fazer ponte de pressão na coronária, a coronária é a arteria que leva sangue pro coração, se se ela parar provoca o infarto do miocardio, sem contar que vão abrir o acidentado pra pra precionar a coronária.

    Enfermeiro Gilberto Tavares de Almeida

  6. Vamos combinar tambem que a forma como é passada as especilidades tambem não agrega nada.
    Faz um trabalho vagabundo e uma prova que so foi decorada e pouco aprendida. E tem muitas especialidades que estão ultrapasada que precisa de revisão.

  7. Lucilia,
    concordo que muitas especialidades necessitam ser revisadas urgentemente, por estarem com erros de tradução ou estarem desatualizadas.
    Porém, quanto a forma de se passar as especialidades, não podemos generalizar. Isso depende única e exclusivamente do Clube e dos instrutores. Nós é que precisamos fazer a diferença e preparar uma especialidade que agregue algo importante à vida dos desbravadores e à nossa também.

  8. Olá, tem uma parte que fala sobre o papel da mãe. Realmente ficou bem pobre a explicação e as funções da mãe de acordo com os principios de Deus. Lembrando que Ellen White recebeu inspiração para falar sobre as funções dos pais, logo cremos que foi inspirada por Deus. É claro que em alguns relatos ela coloca a sua opinião antes porém ela escreve que “pensa de tal forma”, “opinião dela”, “conselhos” etc. E um dos melhores livros para se ler em relação à familia é “O Lar Adventista”. Muito bom e tenho certeza que ajudará e muito em questões de duvidas quanto as funções dos pais dentro de uma casa.
    E também… parabéns pelo site, foi de grande ajuda pra mim. Tirei muita informação importante daqui.

  9. Boa tarde Adamaris,

    E é exatamente por isso que não podemos concordar com esse tipo de material. O que podemos fazer é justamente indicar as fontes para as especialidades, como temos feito na seção Especialidades: aprendendo a pesquisar (http://www.cantinhodaunidade.com/2011/01/especialidades-aprendendo-pesquisar.html).

    Obrigado pela sugestão, quando formos postar a especialidade de Vida Familiar, vamos indicar o Lar Adventista como fonte de pesquisa.

    Valeu pelo apoio, contamos sempre com a colaboração de vocês.

    Um abraço.

  10. ola alberto eu sou distrital da cidade de queimadas na paraiba e gostei muito da sua iniciativa sobre esse site, parabens e gostaria de deixar o meu email pra oque vcs precisarem eu estarei disposta a ajudá-los(crisanthony@live.com) fique com DEUS e vamos em frente nessa caminhada levando nossos desbravadores ao céu! um abraço!

  11. Olá Ana Cristina,

    Seja sempre muito bem-vinda ao Cantinho da Unidade! Com certeza precisamos do apoio de vários líderes, então, fique à vontade para nos mandar materiais, devocionais, dicas e notícias que você tiver.

    Como diria o pastor Burigatto: “O Clube de Desbravadores é a forma mais divertida de ir para o céu!”.

    Um abraço.

  12. Maranata!

    Excelente post.

    Quanto à preocupação, citada pelo Estevam, com a adequação das respostas ao intuito do autor da especialidade ou da DSA, penso que, seguindo-se os passos essencias ao planejamento do estudo de uma especialidade – busca de um profissional competente ou especialista na área de instrução, uso de fontes confiáveis (literatura científica, sites de universidades e de órgãos governamentais, entre outros) e, acima de tudo, real compreensão de que estamos a serviço do Senhor e em conformidade com seus princípios – não há que se preocupar, pois a execução das especialidades será de alto valor e aqueles que as obtiverem crescerão em vários aspectos.

    Recomendo:
    http://www.desbravadores.org.br/educacional/filosofia.php
    http://www.cantinhodaunidade.com/2011/01/especialidades-aprendendo-pesquisar.html

    “As coisas encobertas pertencem ao SENHOR, nosso Deus, porém as reveladas nos pertencem, a nós e a nossos filhos, para sempre, para que cumpramos todas as palavras desta lei.” Deuteronômio 29:29.

    andre_liech@hotmail.com
    André Felipe.

  13. Gostaria de te ver morando a 20km do hospital mais proximo com uma pessoa envenenada em tuas maos e tu nao fazer nada para retardar o efeito da substancia, para que de tempo de chegar ao hospital pelo menos com vida.
    Sou tecnico de enfermagem e sou adepto de uma conduta “naturalista” em situações que haja realmente necessidade, pois o desbravador tem que se saber virar com que tem em maos nem que seja com ervas de chá.
    Pelo menos na hora de criticar uma especialidade respondida expliquem melhor, as contestacoes na area de primeiro socorros, por exemplo, neste caso especifico divulguem o telefone do CEATOX/CIT, porque nem todo mundo vai estar a todo momento em uma area onde se tenha acesso ideal a um hospital/posto de saude. Primeiro porque muitas vezes na maioria das especialidades que apresentam este tipo de problema as perguntas sao mau formuladas. Realmente epilepsia não é um sintoma mas uma doeça que possui este sintoma que pode ser perceptivel ou não a leigos. Mas qual seria na tua opiniao primeiros socorros para epilepsia? Eu respondo, nao tem, mas entao eu subentendo que na verdade se trata de crises convulsivas de um epiletico pois isto possui primeiros socorros.è disso que se trata a pergunta. Eu também sou epiletico a 30 anos e não tenho uma crise desde a infancia, logo nao preciso de primeiros socorros.

    Entao antes de tudo quero que me compreendam, que não sou contra a opinião de vocês – pois como intrutor utilizo as especialidades respondidas mas sempre procuro fazer as devidas correções antes de passar para o meu grupo – sou contra a forma que vocês utilizaram, para orientar e desestimular o uso das especialidades respondidas sem a devida pesquisa para atualizar os conhecimentos que necessitam serem modificados. Sem contar que nao minha opinião a falta de pesquisa estimula a ignorancia e a preguiça mental.

    OBS:Espero ter sido compreendido.As vezes sou meio confuso para explicar o que realmente quero

    mArAnAtA!

  14. Olá, Anônimo,

    O objetivo desse post é apenas demonstrar alguns dos muitos erros desse material divulgado na internet, portanto, o comentário que se segue em cada questão é apenas para elucidar brevemente que a resposta dada é incorreta ou incompleta.

    No caso de primeiros socorros, mantenho a posição médica de não ensinar a administrar nenhum tipo de substância, pois dependendo do que a pessoa tomou, na maioria das vezes, vamos apenas piorar o quadro e não retardar. Como mencionamos acima, não foi o nosso objetivo divulgar qual seria a resposta completa e correta ao requisito, foi apenas um comentário, por isso não informamos mais informações sobre o procedimento adequado. Em relação a isso, trabalhamos na seção Especialidades: aprendendo a pesquisar: http://www.cantinhodaunidade.com/2011/01/especialidades-aprendendo-pesquisar.html.

    Agora, mais uma vez, enfatizo que discordamos completamente da divulgação e uso das especialidades respondidas, em conformidade com a filosofia da DSA. Se você vai pesquisar as respostas, da maneira correta, não há necessidade de ter esse tipo de material com péssima qualidade. Ao pesquisar, você vai adquirir de maneira muito mais saudável e permanente o conhecimento adequado.

    Por isso DESESTIMULAMOS, DENUNCIAMOS e REPUDIAMOS esse tipo de material, pois o risco supera em muito o possível benefício.

    Um abraço.

  15. Olá,

    acho que o mais errado não é o site publicar as respostas das especialidades, que normalmente tem erros, mas sim, os Líderes e até mesmo Regionais fazerem uso deste material para passar para os desbravadores. Demonstra que eles próprios não tem conhecimento sobre o assunto que vão ensinar.

    Parabéns pelo Blog, está muito bacana!!!

    Ailton Elias
    Líder Master Avançado

  16. Com certeza, Ailton!

    Infelizmente ainda temos esse tipo de líder no nosso meio… Vamos tentar divulgar o máximo para tentar acabar com esse erro.

    Muito obrigado pelo apoio ao Cantinho da Unidade! Muito bom vê-lo por aqui, aprendi muito com vocês!!! 🙂

    Um abraço.

  17. Oi, Débora,

    É triste precisarmos lidar com esse tipo de situação, que infelizmente existe. Me decepciono ao ver a forma de pensar e agir de alguns líderes. O que podemos fazer é sempre fazer o nosso melhor e tentar influenciar o máximo de liderados nesse mesmo ideal!

    Um abraço.

  18. Mas mesmo assim esse site que você relatou os erros tem as perguntas de quase todas as especialidades,e é um dos poucos que o têm,por exemplo,apenas achei as perguntas da especialidade aves nele,os outro sites tem só aves domésticas e de estimação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *