Sistema de Unidades – Parte 1

Nos últimos dias, para quem acessa o Clube de Líderes Online, observou uma grande discussão sobre o sistema de unidades. Pessoas de vários Clubes se manifestaram a respeito, uns defendendo e outros chegaram a declará-lo como falido.

Enfim, para que possamos entender melhor a questão, precisamos entender o que é o sistema de unidades. Precisamos também saber dividir sistema de unidades de instrução das classes, conselheiro de instrutor. São coisas opostas, que podem coincidir às vezes. O sistema de unidades é o método, pelo que o próprio nome sugere, de divisão do Clube em unidades, com divisão também de responsabilidades. A unidade tem o seu líder, que é o Conselheiro e também os oficiais, que são os desbravadores. Já a instrução das classes é um outro momento. O que acontece é que em alguns clubes ela acontece dentro do cantinho da unidade. Porém, não necessariamente este é o melhor modelo, visto que agrupar todos da mesma classe (meninos e meninas) com um instrutor fixo pode ser bem mais proveitoso, mas discutiremos sobre isso em outro post. Voltemos ao assunto…

Para começar, o que é uma unidade?

As unidades no clube de Desbravadores constituem o núcleo principal de seu funcionamento. Se as unidades estão funcionando bem, logo o clube também está funcionando bem. Uma unidade é formada por 4 a 8 meninos e meninas, sendo que são separadas por faixa etária e por sexo, tendo como coordenador o Conselheiro.

A unidade precisa ter uma identidade, precisa de um nome, de um banderim, um grito de guerra. Elas são instituídas pela direção do Clube e devem ser fixas. Os nomes são definidos pela Comissão Executiva do Clube e devem ter relação com o nome do Clube. Para que a unidade não perca a sua identidade, estes nomes nunca devem ser alterados, nem a idade dos desbravadores da unidade, ou seja, os desbravadores terão que passar por mais de uma unidade, aprendendo com os costumes e as emoções de cada uma delas.

O banderim da unidade também deve estar em conformidade com o nome e não precisa de alterações futuras, a menos que seja para melhorá-lo. Mas isto somente com a autorização da Direção do Clube.

O grito de guerra constitui um item importante na unidade, pois ele une os desbravadores e os anima para as atividades, além de criar neles um sentimento de carinho e gosto pela unidade. Porém a escolha de um grito de guerra não é fácil, por isso muitas unidades não têm um. O Conselheiro é o responsável por procurar alguém que crie um e ensaiar com os desbravadores.

A unidade também precisa de uma secretaria organizada, com uma pasta onde ficam registradas as fichas de todos os desbravadores que passaram por ela, os relatórios das atividades, de visita aos pais, de acampamentos e outros eventos.

Cada desbravador pode assumir uma função específica na unidade, sendo que as principais funções são: capitão e secretário. Outras funções como tesoureiro e almoxarife fica a critério da Unidade instituí-las ou não. O conselheiro deve ser o grande maestro da unidade e trabalhar sempre junto dos diretores associados.

O grande maestro

A função mais importante no Clube de Desbravadores é a do Conselheiro. O conselheiro está colocado numa posição de grande responsabilidade, pois está em íntimo contato com a mente e o coração juvenil.

As qualificações são altas e ninguém deve aceitar esta posição a menos que tenha amor por meninos e meninas, e esteja desejoso de representar devidamente os elevados princípios do céu. Ser um conselheiro não é ter um escape para entreter-se; é um dever da mais alta ordem, este de treinar os jovens a fim de se tornarem verdadeiros soldados do Senhor Jesus Cristo.

Um conselheiro deve ser um cristão convertido e dedicado. Os meninos e as meninas captam rapidamente a insinceridade daqueles com que se associam. Ele deve trabalhar diligentemente para formar uma amizade sincera e compreensível, com cada um de sua unidade.

Para poder pôr em prática os planos dados neste post, o conselheiro necessita de íntima cooperação dos pais. Ele deve visitar os pais e explicar-lhes cuidadosamente as grandes possibilidades contidas nesta instrução prática. Uma vez conseguida as cooperação dos pais, há maiores possibilidades de sucesso.

Os juvenis, meninos e meninas cristãos, merecem liderança. “Aquele que coopera com o propósito divino ao transmitir à juventude o conhecimento de Deus, e ao lhes moldar o caráter em harmonia com o Seu, realiza uma elevada e nobre missão, suscitando o desejo de atingir o ideal de Deus apresentando uma educação que é tão alta como o céu e tão extensa como o universo” (Ellen White, Educação, p. 19).

Os conselheiros devem ser fiéis em assistir a todas as reuniões do Clube e da diretoria, marcadas pelo Diretor.

Funções do Conselheiro

Coordenação das unidades. O Conselheiro não deve fazer todo o trabalho da unidade, se assim o fosse não seria necessário um capitão, secretário e muito menos existiria Unidade. Mas o seu trabalho é COORDENAR todo o trabalho, que é bem diferente de fazer tudo. Ele deve providenciar todos os meios necessários para o cumprimento das atividades da unidade, deve incentivar a participação de cada membro, ajudando-os a desenvolver seus aspectos físico, mental e espiritual. Ele precisa estar à frente de tudo, ao passo que todos vejam que quem trabalha é a unidade e não ele. Isso mesmo, quanto menos os méritos forem creditados ao conselheiro e sim à unidade, melhor está o seu trabalho.

Auxiliar na montagem dos programas para o Clube. Os Conselheiros também fazem parte da diretoria do Clube e devem estar envolvidos com toda a programação do seu Clube. Por isso precisa trabalhar em íntimo contato com os Diretores Associados e também com o Diretor. Devem mostrar interesse e estar sempre dispostos ao trabalho.

Auxiliar no desenvolvimento do Projeto Social. Essa é uma atividade que sem o Conselheiro o Clube não conseguiria realizar. Seria impossível a um Diretor e sua equipe sair com 30, 40, 50 ou mais desbravadores para um projeto ou evento sem figura do Conselheiro. Não teria quem cuidasse dos garotos e muitos males poderiam ocorrer. Então, o Conselheiro realmente deve vestir a camisa e dar seu suor para um bom trabalho na unidade. Deve sempre conduzi-la em TODOS os programas e eventos, mantendo-os organizados para o bem-estar do Clube e de todos. Infelizmente essa atribuição muitas vezes é negligenciada e os desbravadores passam a ser expostos a grandes perigos. Amigo Conselheiro, você não é obrigado a exercer essa função. Se você não gosta é melhor procurar outra função em que você possa realmente ajudar o Clube e a Igreja. Tudo o que te vier a mão, faze-o conforme as tuas forças.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

22 thoughts on “Sistema de Unidades – Parte 1

  1. Não sei como anda nos demais clubes, mas em nosso Clube está cada vez mais difícil conseguir conselheiros que tenham responsabilidade e vontade de ser conselheiro. Estou buscando meios para mudar a situação mas, está complicado!

  2. Olá, KNAAK,

    Esse tem sido um dos maiores desafios que estamos enfrentando ultimamente, não é apenas no seu Clube ou região.

    O que sugerimos é que você procure pessoas específicas em sua Igreja, distrito ou região para assumirem essa função fundamental no Clube. Converse com eles em particular, pessoas que você sabe que são cristãs genuínas e que se dedicariam ao Ministério, ainda que eles não saibam muito (ou não saibam nada) sobre Desbravadores. Essa parte técnica, eles aprendem com o tempo, o mais importante é ter bons cristãos em contato com essas crianças.

    Tente um treinamento com os seus atuais conselheiros, uma renovação espiritual e de missão. Aqueles que não atenderem ao apelo, é preferível que deixem o Clube ou assumam outras funções.

    Se pudermos ajudar de alguma outra forma, é só entrar em contato conosco: cantinhodaunidade@cantinhodaunidade.com.

    Um abraço.

  3. olá meu nome e Manoel eu queria saber qual é o tecido utilizado no bandeirim da unidade?

    obg, Manoel

  4. Olá, sou Conselheiro, infelizmente não sabia da grande importância que tem ser um conselheiro, vou buscar muito a Deus, e poder corresponder pelo menos 70% das obrigações do Conselheiro 🙂
    Unidade Arcanjos AMT-UCOB conselheiro renovado hemmm’ KKKKK’ vlw viu, parabéns pelo site gostei muito, tudo que eu precisar para o clube vou recorrer aqui!!!

    • Olá, Walter,
      É maravilhoso saber que você vai ser um excelente conselheiro. É um trabalho muito difícil, mas o mais importante do Clube. Um bom conselheiro pode fazer a diferença entre a vida eterna e a morte eterna de um desbravador.
      Confie em Deus, Ele vai te ajudar em tudo, independente das dificuldades.
      Sempre que precisar, pode contar conosco! =) Ficamos imensamente gratos em saber que estamos ajudando.
      Um grande abraço e fique com Deus!

  5. Olá Alberto! Muito bom o post. Sugiro apenas que insira a fonte de pesquisa (Manual Administrativo do Clube de Desbravadores, págs 70 a 73). Abraço!

    • Boa tarde, Pr. Samuel,

      Obrigado. Mas, na verdade, é o texto do blog que está no Manual Administrativo e não o contrário. No Manual não consta referência ao Cantinho da Unidade porque já consta nossos nomes como autores/colaboradores, pois participamos da revisão do Manual.

      Um abraço

  6. boa tarde, tenho um pergunta, as unidades vcs separam por idade, pois não e melhor misturar as idades para ficar todos igual, se não uma unidade fica mais forte que a outra, gostaria de saber pois estamos tendo problemas aqui, tenho 4 unidades, 2 de meninas e 2 de meninos, separamos de 10 a 12 anos e de 13 a 15 anos, mas uma das unidades das meninas so tem 3 meninas e a outra tem 7 meninas… que vc acha que seria melhor?

    obrigado

    • Olá, Carlos, boa tarde,

      Para eu te ajudar melhor, por favor, me passe a idade de cada uma das meninas das duas unidades e quando fazem aniversário. Assim fica mais fácil ajudá-lo.

      Um abraço.

      • Tenho, 34 desbravadores entre as idades de 10 a 15 anos realmente não gostaria de passar informações, mas temos 3 unidades de meninas e 3 unidades de meninos, as unidades tem entre 5 a 6 desbravadores dividida as idades entre 10 a 15 anos, fizemos assim para ter competições entre ele e ser justo pois se só tivermos uma só idade em uma unidade os de 10 anos sempre ficam perdendo e nunca tem muita oportunidade, assim os maiores sempre ajudam os menores e ensinam também, gostaria de saber como vcs faEm aí, eu morro nos Estados Unidos, mas o clube é brasileiro, quando eu era desbravador no Brasil nos anos 90 a 97 nosso clube era assim como estou fazendo aqui, vc poderia me dizer oque vc acha…..

        • Olá, Carlos, boa noite,

          Eu já vi alguns Clubes que trabalham assim e em geral o argumento é semelhante ao seu. Realmente, deste ponto de vista, uma unidade com idade mista seria mais interessante. Porém, temos que nos lembrar que o foco do sistema de unidades não é a competição entre elas, apesar de eu achar saudável que ocorra.

          Conforme orientação do Manual Administrativo da DSA, na p. 70, as unidades devem ser agrupadas por sexo e faixa etária aproximada. O objetivo é que as crianças se sintam mais à vontade para conversar entre eles, sobre qualquer coisa. Certamente um desbravador de 10 anos que tenha alguma dúvida sobre sexualidade, por exemplo, vai ficar envergonhado de comentar sobre com desbravadores de 15 e vice-versa. Outros temas também não são adequados e, assim, perdemos um dos principais objetivos deste sistema.

          E ainda sobre competições, vou dar o exemplo do Clube que trabalhei os últimos 2 anos como diretor. Lá as unidades seguem o padrão do Manual. E nesses dois anos, as unidades que ganharam o acampamento foram as unidades das crianças menores. Assim, a idade não os atrapalhou na “competição”.

          Espero ter ajudado.

          Um abraço.

  7. ola, quero saber sobre quantos componentes poder ter uma unidade, no manual administrativo fala que é de 6 a 8 e no texto aqui do site fala que é de 4 a 8, então fiquei na duvida… poderia esclarecer essa duvida minha? obrigado desde ja

    • Marcos, boa tarde,

      Era para ser 4 a 8 no Manual também, mas o pr. Udolcy fez essa mudança. Ocorre que 6-8 não é consistente, pois se uma unidade tiver 9, por exemplo, tem que dividir, e ficaria uma com 4 e uma com 5! Se for de 6-8, como está escrito, nunca será praticável, a menos que distribuamos os desbravadores em outras unidades, de faixas etárias diferentes, o que também vai contra os princípios do sistema de unidades.

      Um abraço.

  8. Entendo que as unidades devem ser de 5 a 9, ou seja, o clube começou com uma unidade masculina e foi crescendo, quando chegou em 10 foi separado em duas unidades de 5. Creio será melhor numeração a ser considerada, porém o ideal seria ter sempre entre 6 e 8 em cada unidade, considerando 5 ou 9 (e até 4) desbravadores por unidade somente quando não tiver outro jeito.

    • Então, Daniel,

      Como respondi ao Marcos aqui em cima, acredito que o ideal seja realmente 4 a 8, e não 6 a 8 como está no Manual Administrativo, pelo motivo que expus. Ainda, pelas experiências que já tive no Clube, acho que esse número de 4 a 8 é realmente o mais adequado. Mas ainda assim, há situações em que nem ao menos 4 temos em uma unidade… =/

      Um abraço.

  9. Olá, boa tarde!
    Meu clube as unidades são de idades mistas. Nossos desbravadores a maioria estão com idades de 14 e 15 anos e são poucos com idade de 10 e 11. Na verdade, temos apenas 3 desbravadores de 10 a 11 anos. Como fazer a divisão da unidade por idade quando não há crianças da idade corresponde?

    • Boa noite, Alana,

      Não devemos misturar crianças com idades muito diferentes numa mesma Unidade. O ideal é uma Unidade para cada idade para cada sexo. Quando isso não for possível, pode-se agrupar duas idades (10-11, 12-13 e 14-15).
      Caso o tamanho da Unidade ainda fique pequeno, deve-se buscar mais crianças dessa faixa etária para o Clube.

      Um abraço.

    • Caso não seja possível conseguir mais desbravadores para formar 3 unidades (10-11, 12-13 e 14-15), é uma solução possível. Mas reforço que este não é o ideal. Porém cada caso é um caso, por isso deve-se trabalhar com bom senso sempre. Conversar com seu Distrital ou Regional, se ele conhecer bem a realidade de seu Clube, pode ser bastante útil neste sentido.

      Um abraço.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *