Movimento de secagem dos cães pode trazer inovações

Os cães, além de todas as qualidades que apresentam, agora também são fonte de conhecimento para avanços tecnológicos.

Estudantes do Instituto de Tecnologia da Georgia, nos Estados Unidos, estudaram o movimento que os cachorros fazem quando molhados para desenvolver uma máquina de lavar mais eficientes.

Com uma câmera de alta velocidade e técnicas de cinematografia e raio-x, o grupo registrou diversos mamíferos sacudindo água. A análise mostrou que, quanto maior o animal, menor o movimento sobre o eixo do corpo.

Ursos e cães de grande porte se sacodem a 4Hz, ou 4 balançadas por segundo. Animais pequenos, como ratos, se sacodem a 27Hz, ou 27 balançadas por segundo.

Também foi notado que a “sacudida” começa na cabeça e vai até o rabo, e a pele move-se mais rapidamente que a cabeça ou o corpo. A cabeça pode girar mais, criando um sólido ponto de partida para que uma onda de energia viaje pelo resto do corpo do animal.

Além disso, o chacoalho age como uma força centrípeta, ou seja, uma força que puxa o corpo para o centro da trajetória em um movimento circular. Essas descobertas podem, no futuro, ajudar no desenvolvimento de uma máquina de lavar que gaste menos energia e seja mais eficiente.

O vídeo a seguir mostra os movimentos captados em câmera lenta… aprecie!

Nota: Se o simples sacudir de um cachorro para se secar é mais eficiente que qualquer máquina que o homem projete para esse fim, como posso olhar para a natureza e dizer que toda essa complexidade surgiu sem um Designer?

“Não devemos meramente falar às crianças a respeito dessas criaturas de Deus. Os próprios animais devem ser seus professores.. Educação, página 117.

Fonte: http://revistagalileu.globo.com/Revista/Common/0,,EMI188763-17770,00-MOVIMENTO+QUE+CACHORRO+FAZ+PARA+SE+SECAR+PODE+TRAZER+INOVACOES.html

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *