Especialidade de Orquídeas: aprendendo a pesquisar

Ophyr sp.

Você sabia que existem mais de 20.000 espécies de orquídeas pelo mundo? E que a cada ano novas espécies são descobertas? E que existe uma espécie que imita seu inseto polinizador?

Você vai aprender sobre as características que distinguem as orquídeas, as diferentes espécies, onde e como elas crescem. O que significam termos como epífitas e rupículas?

Provavelmente você já sentiu o sabor (e gostou) de uma orquídea em um sorvete ou milkshake. Que orquídea é essa? Você vai descobrir isso também.

Provavelmente a melhor parte vai ser visitar orquidários e exposições de orquídeas, além de cultivar a sua própria orquídea.

Aqui estão os requisitos para iniciar o estudo das orquídeas:

  1. Definir as características de uma orquídea.
  2. Quais são os dois principais grupos de orquídeas em termos de padrão de crescimento? Dar o nome e mostrar exemplos de cada, a partir das próprias plantas ou de fotografias.
  3. Quais as diferenças entre as orquídeas epifíticas ou edífitas, terrestres e rupículas?
  4. Discorrer sobre a distribuição de orquídeas, fazendo uma referência especial à ocorrência destas espécies em sua região.
  5. Citar o principal gênero de orquídeas cultivadas. Identificar três a partir de plantas ou fotografias.
  6. Discutir os principais pontos a serem observados no cultivo de orquídeas. Cultivar pelo menos uma orquídea, durante, no mínimo, seis meses.
  7. Quais as principais utilidades das orquídeas? Que orquídea é usada comercialmente?

Logo abaixo estão as alguns sites com informações confiáveis que podem ajudar no estudo desta especialidade. Apesar de confiáveis, alguns deles podem apresentar informações sob a visão evolucionista, expressões como “milhões de anos”, “processos evolutivos”, “ancestrais”, “antepassados”, etc. Desconsiderem essas informações.

Clique aqui para fazer a consulta das espécies por ocorrência (região, estado, dom. fitogeográficos), endemismo e origem. Para realizar a consulta, coloque Angiospermas no campo grupo e Orchidaceae no campo família.

Caso você tenha alguma indicação de fonte, nos mande um e-mail ou deixe um comentário.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

8 thoughts on “Especialidade de Orquídeas: aprendendo a pesquisar

  1. aaamei seu site… sou conselheira do clube águia da aplac…e aqui eu pude ver mil coisas q posso aplicar para as minhas aluninhas!!! Parabéns… Continue assim…. campori, lá vamos nós!!! =D

  2. Olá Audrey,

    muito obrigado pelo apoio. Que Deus abençoe seu trabalho como conselheira. Se tiver qualquer dúvida, sugestão ou pedido de materiais, fique a vontade. Nos vemos no campori!

    Um abraço.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *