Desbravadores escrevem toda a Bíblia em tempo recorde de cinco minutos

Desbravadores-escrevem-toda-a-Biblia-em-tempo-recorde-de-cinco-minutos

A operação consiste na divisão do livro sagrado entre os participantes, que decoram os versículos e os escrevem simultaneamente. De acordo com o pastor Daniel Benitez, diretor de jovens para o Paraguai e organizador desta atividade no Campori, os 31.278 versículos bíblicos foram divididos entre os clubes pela secretaria de modo que todos os desbravadores participaram da escritura, que aconteceu por volta da 9h30min deste sábado, 11.

O estudante Maxwel Tofoli, de 11 anos, do clube Araucária, no Sul do Brasil, participa de um Campori pela primeira vez e se alegra por iniciar sua trajetória em um evento dessa natureza. Para o juvenil, que escreveu o versículo de Lucas 22: 20, a escritura da Bíblia será um dos momentos inesquecíveis do programa porque trouxe um sentimento de valorização a Deus.

Reconhecendo a importância do livro, o desbravador Gustavo Querino também estimou a ação e destacou que as histórias dos reis e dos ensinos dos discípulos são fundamentais para o crescimento. Ele é membro do clube Jóias Preciosas, também do Sul do País.

Desbravadores-escrevem-toda-a-Biblia-em-tempo-recorde-de-cinco-minutos2O líder de desbravadores na América do Sul, Udolcy Zukowski, se regozija com o feito. “Quando o clube estiver desanimado, o diretor junta e fala que já escreveram a Bíblia em cinco minutos. Então, no espírito de equipe, eles podem conseguir resolver os problemas. Se cada um fizer um pouquinho, todo mundo consegue fazer muito coisa”, declara.

A primeira vez que adventistas escreveram todo o livro nessa mesma dinâmica foi na Romênia, em 2001, em um tempo de 28 minutos. O pastor Zukowski afirma que já participou de escrituras, a exemplo de uma no Chile, em um congresso sul- americano de jovens em Picarquin, em 2002, onde escreveram em 16 minutos, e em Cabo Frio, no Rio de Janeiro, no Campori Marcha da Vitória, em 2008, onde os acampantes fizeram o mesmo em 14 minutos.

Porém, considera: “Não há nenhum outro lugar no mundo que fez em pouco tempo assim. […] Este momento é a glória, porque o desbravador vai voltar pra casa e dizer: ‘Além de tudo que eu fiz no Campori, participei de um recorde: escrevi a Bíblia em cinco minutos’”.

Os capitães de unidade ergueram os bandeirins no início da escrita e foram abaixando conforme a unidade concluía sua participação. Fogos celebraram o término da atividade. E os desbravadores vibravam envolvidos pelo grito de Zukowski: “Com a Bíblia nós vamos pra o céu. Com a Bíblia nós temos um encontro marcado na eternidade”.

Fonte: [Equipe ASN, Deijeane Morais]

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *