Vespas orientais alimentadas por “energia solar”

As vespas orientais (Vespa orientalis) têm uma habilidade única de capturar energia do Sol, segundo pesquisadores. Elas possuem uma estrutura especial em seu abdômen que é capaz de capturar a energia os raios solares e um pigmento que mantém essa energia.

A descoberta mostra que a listra amarela que elas têm no abdômen tem um propósito – é lá que está armazenado o pigmento. Quando elas ficam mais ativas e os dias ficam mais quentes, a listra fica mais grossa.

Isso esclarece porque as vespas são mais ativas no meio do dia – porque é quando recebem a maior quantidade de sol – ao contrário de outros tipos vespas, que são mais vistos pelo período da manhã.

Analisando o corpo das vespas em microscópios, cientistas perceberam que a parte amarela era diferente. Sua carapaça era mais fina e impedem que a luz seja refletida do corpo das vespas, capturando a energia solar com o pigmento xantopterina transforma luz em energia elétrica.

Nota: Se o desenvolvimento da tecnologia de captação de energia solar e transformação em energia elétrica precisou de um ser inteligente para o projetar, com gastos de energia e tempo, como podemos acreditar que uma “máquina” da natureza, mais eficiente que a projetada pelo homem, tenha surgido sem um Designer?

“Ensinai as crianças a ver Cristo na Natureza. Levai-as ao ar livre, à sombra das nobres árvores do quintal; e em todas as maravilhosas obras da criação ensinai-as a ver uma expressão de Seu amor. Ensinai-lhes que Ele fez as leis que regem todas as coisas vivas, que fez leis também para nós, e que elas visam a nossa felicidade e alegria. Não as fatigueis com longas orações e exortações tediosas, mas, mediante as lições objetivas da Natureza, ensinai-lhes a obediência à lei de Deus.” O Desejado de Todas as Nações, página 516.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *