Ordem unida para desbravadores

Como vimos no post Reunião Normal – O que fazer numa reunião do Clube de Desbravadores, “A ordem unida não deve ser a única programação da reunião, como já vi em alguns Clubes. É super importante, mas deve ter um equilíbrio de tempo entre os demais componentes da programação, para que não pequemos pelo excesso e nem pela falta! Se o seu Clube tem fanfarra, é este o momento de ensaiá-la também. Você pode intercalar os ensaios, por exemplo, num domingo ensaia a fanfarra, no outro ordem unida e assim sucessivamente”.

Então, para que possamos dirigir bem o momento cívico do nosso Clube, vamos aprender um pouquinho mais sobre ordem unida:

OBJETIVOS DA ORDEM UNIDA

a) Proporcionar aos desbravadores e às unidades os meios de se apresentarem e se deslocarem em perfeita ordem, em todas as circunstâncias.

b) Desenvolver o sentimento de coesão e os reflexos de obediência que são fatores preponderantes.

c) Construir uma verdadeira escola de disciplina.

d) Permitir que o clube apareça em público, de forma elegante e marcial.

CONCEITOS BÁSICOS

Formação:é a disposição dos elementos de um grupo em linha ou em coluna. Exemplo: Formação por 04 (em que são formadas 4 colunas), Formação por unidades (em que os capitães assumem as suas unidades na testa e o restante se posiciona um atrás do outro, do maior para o menor.

Linha: é a disposição de um grupo cujos desbravadores estão dispostos um ao lado do outro.

 

Fileira: é a formação em que os desbravadores estão colocados na mesma linha, um ao lado do outro, tendo todos a frente voltada para o mesmo ponto. 

Intervalo: é o espaço entre dois desbravadores colocados na mesma fileira (um do lado do outro).

Coluna: quando os desbravadores estão um atrás do outro, independente da distância e intervalo, entre blocos ou grupos. 

Cobertura: é o espaço entre dois desbravadores, onde estes estão um atrás do outro.


Testa: os desbravadores que estão na primeira fileira. 

Alinhamento: disposição de vários desbravadores enfileirados em uma linha reta, todos voltados para a mesma direção, um ao lado do outro.

Cadência: sucessão harmoniosa de sons e movimentos. Determinada pelo homem-base.

Homem-base: desbravador base para todos os comandos de ordem unida. Este é o testa da coluna da direita.

Retaguarda ou cauda: último desbravador ou última fileira de desbravadores de uma formação.

 Relembrando:

Fonte: Guia de Ordem Unida MisAl

OS COMANDOS EM ORDEM UNIDA

Formas de comando

Corneta – só serão utilizados de acordo com o respectivo manual de toques e marchas das forças armadas. Recomendado somente para clubes que já estão em adiantado progresso e conhecimento em ordem unida. (Não percam na semana que vem um post com os toques de corneta, para você começar a ensaiar no seu Clube)

Gestos – utilizado à distância quando não houver condições dos comandos em viva voz.

Voz – é a maneira padronizada pela qual o instrutor exprime verbalmente sua vontade. A mais usada em ordem unida, pois permite execução simultânea e imediata.

Apito – comandos por meio de apitos serão dados mediante o emprego de silvos longos e curtos, longos p/ advertência e curtos p/ execução.

Vozes de comando

Geralmente são compostas pelos seguintes elementos:

a) Voz de advertência: é um alerta que se dá ao grupo, prevenindo-o para o comando que será anunciado. Exemplo: Atenção clube!

b) Comando propriamente dito: tem por finalidade indicar o movimento a ser realizado pelos executantes. Exemplo: Direita… Esquerda… Meia Volta… Ordinário… É necessário que este comando seja dado com clareza e em voz alta, de forma que todo o pelotão escute e entenda o comando.

c) Voz de execução: tem por finalidade determinar o exato momento em que o movimento deve começar ou cessar. Quando a voz de execução é uma palavra oxítona, ou seja, com a última sílaba tônica, o instrutor deve alongar a enunciação dessa sílaba, sendo esta enérgica. Exemplo: Vol-ver, Des-can-sar, Co-brir. Já quando esta voz é uma palavra paroxítona, ou seja, com a penúltima sílaba tônica, o instrutor quase não pronuncia a sílaba final. Exemplo: Mar-che, Al-to, Em Fren-te, Pas-so.

O instrutor deve emitir o comando na posição de sentido, com a frente voltada para o grupo, de forma que todos possam vê-lo e ouvi-lo.

Comandos a pé firme

Sentido:o desbravador fica imóvel, em silêncio, olhando para frente. Os calcanhares se unem com o bater do calcanhar direito e as mãos batidas na coxa. As pontas dos pés abertas em 45º (10 para as 2), as mãos espalmadas na altura das coxas, mantendo os braços levemente dobrados com os cotovelos na direção do corpo, retos. Busto aprumado e cabeça e ombros erguidos. Esta posição é a base de todas as outras na Ordem Unida.

Fonte: J. F. Leite Junior

Descansar: este comando só pode ser dado a partir da posição Sentido, com o mover e bater do pé esquerdo para o lado, mantendo o corpo confortavelmente distribuído entre os dois pés distanciados à mesma distância entre um ombro e o outro. Simultaneamente a mão esquerda segura a mão direita fechada na altura da cintura, em posição confortável. O desbravador permanece em silêncio e em forma. Esta é a posição usada para entrar em forma.

Fonte: J. F. Leite Junior

À vontade: a partir da posição de DESCANSAR, mantendo a posição e em forma. Isto permite ao desbravador ficar à vontade, podendo falar e se mexer, mantendo a posição do pé direito como base.

Fonte: J. F. Leite Junior

Para o voto, posição: não usamos o APRESENTAR ARMAS. Em lugar disto usamos a posição para o voto. A partir da posição de SENTIDO, o desbravador levanta sua mão direita à frente, rente ao corpo, até a altura do ombro, com a palma para a frente, os dedos unidos e o polegar cruzando a palma. (Esta é a posição de Maranata, os quatro dedos são os quatro A’s da palavra Maranata: amar, anunciar, apressar e aguardar a volta de Cristo. O polegar cruzado significa o cristão curvado, em reverência a Deus).

Cobrir: a partir da posição de SENTIDO, todos estendem o braço esquerdo para frente, com exceção da testa, que o estende para o lado, sendo o braço estendido à altura do ombro do desbravador, independente do tamanho do desbravador da frente ou ao lado. A palma está para baixo. Este comando é usado para acertar o alinhamento e a cobertura. A contra-ordem é firme, onde o desbravador abaixa o braço e volta à posição de SENTIDO.

Fonte: J. F. Leite Junior

Cobrir sem intervalo: segue o mesmo padrão do comando COBRIR, só que a testa cobrem com o braço esquerdo dobrado, com a mão fechada tocando a cintura.

Frente para a Retaguarda: com o grupo em DESCANSAR, após o comando, todos dão um pulo fazendo um giro no ar de 180º para a esquerda, dando um grito característico (Rá ou alguma combinação do grupo, como por exemplo o nome do clube e unidade), sem, no entanto, deixarem a posição DESCANSAR.

Frente para a Esquerda: segue o mesmo princípio do comando FRENTE PARA A RETAGUARDA, só que o grupo dá um giro de apenas 90º, também para a esquerda.

Frente para a Direita: segue o mesmo princípio do comando FRENTE PARA A ESQUERDA, só que o giro de 90º é para a direita.

Fora de forma:o desbravador bate fortemente seu pé esquerdo no chão, à frente, como no Rompimento de marcha. Pode-se combinar um grito característico.

Fonte: J. F. Leite Junior

Voltas a pé firme

Esquerda: após o comando VOLVER, o desbravador voltar-se-á para o lado esquerdo, a um ângulo de 90º, sobre o calcanhar do pé esquerdo e a planta do pé direito. Terminando o movimento, assentará a planta do pé esquerdo no solo, unirá depois o pé direito, batendo energicamente os calcanhares.

Direita: após o comando VOLVER, o desbravador voltar-se-á para o lado direito, a um ângulo de 90º, sobre o calcanhar do pé direto e a planta do pé esquerdo. Terminando o movimento, assentará a planta do pé direito no solo, unirá depois o pé esquerdo, batendo energicamente os calcanhares.

Meia volta: após o comando VOLVER, o desbravador voltar-se-á para o lado esquerdo, a um ângulo de 180º, sobre o calcanhar do pé esquerdo e a planta do pé direito. Terminando o movimento, assentará a planta do pé esquerdo no solo, unirá depois o pé direito, batendo energicamente os calcanhares.

Oitava à esquerda: após o comando VOLVER, o desbravador voltar-se-á para o lado esquerdo, a um ângulo de 45º, sobre o calcanhar do pé esquerdo e a planta do pé direito. Terminando o movimento, assentará a planta do pé esquerdo no solo, unirá depois o pé direito, batendo energicamente os calcanhares.

Oitava à direita: após o comando VOLVER, o desbravador voltar-se-á para o lado direito, a um ângulo de 45º, sobre o calcanhar do pé direto e a planta do pé esquerdo. Terminando o movimento, assentará a planta do pé direito no solo, unirá depois o pé esquerdo, batendo energicamente os calcanhares.

Olhar à direita/esquerda: a partir da posição de sentido, após a voz de execução, os desbravadores girarão a cabeça energicamente para o lado direito/esquerdo, sem desviar a linha dos ombros e sem modificar a posição. O contracomando é OLHAR FRENTE. Observação: a testa e a coluna base não executam o comando.

Fonte: J. F. Leite Junior

Movimentos em marcha

Marche: usado como VOZ DE EXECUÇÃO para os comandos em marcha. Pode ser precedido pelo tipo de passo (ORDINÁRIO, ACELERADO, SEM CADÊNCIA) ou ainda pela direção a seguir (DIREÇÃO À DIREITA, DIREÇÃO À ESQUERDA).

Sem cadência: após o comando MARCHE, os desbravadores romperão com o pé esquerdo só que não precisam marchar, devendo apenas manter-se alinhados e em formação.

Acelerado: após o comando ACELERADO, o grupo responde com Rá e flexiona os antebraços à altura dos cotovelos, então dá-se o comando MARCHE e o grupo rompe marcha em ritmo acelerado, mas mantendo a cadência e o alinhamento.

Ordinário:após o comando MARCHE, o grupo rompe marcha (sempre com o pé esquerdo) e mantém uma cadência em ritmo de passo normal, porém com postura marcial, batendo os pés no chão com a mesma força, os braços deverão fazer um movimento acompanhando o movimento do corpo, sendo a mão com os dedos espalmados e unidos e chegando à altura do cinto.

Erros mais comuns:


Alto: deve ser usada uma Voz de Advertência antes, pois o ALTO é a VOZ DE EXECUÇÃO. Preferencialmente é dado no pé esquerdo, mas independente disto conta-se dois passos a partir do pé direito, parando a marcha no segundo passo, ou seja, no esquerdo (sempre). Ao parar, unem-se os pés, levando o direito energicamente junto ao esquerdo, e as palmas das mãos batidas contra as coxas, retornando assim à posição de sentido. No passo ACELERADO, contam-se quatro passos, ao invés de dois, parando no quarto.

Marcar passo:geralmente utilizado para marcar a cadência. Os desbravadores deverão estender os braços ao lado do corpo, mantendo os dedos unidos e espalmados. O desbravador então começa a marchar sem sair do lugar, elevando um pouco mais os pés, mas sem exageros. Pode ser desfeito com o comando ALTO ou EM FRENTE MARCHE, onde os desbravadores rompem marcha em passo ordinário.

Voltas em marcha

As voltas em marcha só deverão ser executadas nos deslocamentos em PASSO ORDINÁRIO.

Direita: após o comando VOLVER, que deverá ser dado no pé direito, com o pé esquerdo o desbravador dará um passo mais curto e volverá à direita, sobre as plantas dos pés, prosseguindo a marcha com o pé esquerdo, na nova direção.

Esquerda: após o comando VOLVER, que deverá ser dado no pé esquerdo, com o pé direito o desbravador dará um passo mais curto e volverá à esquerda, sobre as plantas dos pés, prosseguindo a marcha com o pé direito, na nova direção.

Meia volta: após o comando VOLVER, que deverá ser dado no pé esquerdo, com o pé direito o desbravador dará um passo mais curto e fará um giro de 180º, sobre as plantas dos pés, sempre pelo lado esquerdo, prosseguindo a marcha com o pé direito, na nova direção.

Olhar à direita: a VOZ DE EXECUÇÃO é dada no pé esquerdo, depois o desbravador dará mais um passo com o pé direito e no próximo passo esquerdo ele baterá mais forte o pé no solo e girará a cabeça para o lado direito, sem que isso interrompa a marcha. A testa e a coluna da direita não executam o comando. O comando é desfeito pelo OLHAR FRENTE.

Passos em frente: o instrutor informará a quantidade de passos a ser dados, sempre em número ímpar, e após o comando MARCHE, os desbravadores romperão marcha só que ao completar o número de passos exigidos eles automaticamente executarão o ALTO (no último passo), sem que este seja dito pelo instrutor. Este comando é usado para deslocamentos curtos. Exemplo: 5 PASSOS EM FRENTE, MARCHE.

CONSIDERAÇÕES FINAIS

O ensino da Ordem Unida para o novo desbravador deverá ser, inicialmente, individual. A instrução coletiva só deverá ser iniciada após o desbravador ter conseguido destreza na execução individual dos movimentos.

As instruções deverão ter um desenvolvimento gradual, isto é, começar pelas partes mais simples, atingindo progressivamente as mais difíceis.

Os treinos de deverão ser freqüentes, mas de no máximo 30 minutos, para que não canse e nem desgaste os desbravadores, pois isto pode fazer com que eles criem repulsa pelo exercício e, progressivamente, pelo clube.

A Ordem Unida sempre deverá ser dirigida por um instrutor que siga os princípios cristãos defendidos pelos Adventistas do Sétimo Dia, de forma a não ridicularizar e nem menosprezar ninguém, tratando a todos de forma igualitária e respeitando as limitações individuais, mas mesmo assim mantendo uma postura firme de forma a obter o respeito do grupo.
Comandos errados não devem ser executados.

Nota: O Clube de Desbravadores ainda não possui um manual próprio para ordem unida, o movimento adota o Manual de Campanha do Exército (clique AQUI para baixar). Então, o material acima está baseado neste manual. Se você preferir, clique AQUI para baixar o conteúdo acima.

Como hasteamento de bandeiras faz parte do nosso civismo, clique AQUI e confira como dobrar as bandeiras após o arriamento.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

55 thoughts on “Ordem unida para desbravadores

  1. Estou em duvida sobre o comando de apresentar armas , sera que pode ser ensinado aos desbravadores?

  2. Boa noite Anônimo,

    Apesar da especialidade de ordem unida pedir esse comando, a recomendação que estamos recebendo dos Campos e das Uniões é que não devemos usar.

    Até porque não faz sentido, pois este comando é feito no meio militar para literalmente apresentar a arma. Ou seja, se o comando for dado, não temos uma para apresentar.

    Alguns líderes adaptaram esse comando para a posição para o voto, mas não é o recomendável, até porque agora temos um comando específico para o voto, descrito no Regulamento de Uniformes do MJ: “para o voto, posição”.

    Um abraço.

  3. Olá Regional, obrigado pelo excelente material sobre o assunto.
    Por favor, existe um macete ou dica para manter a cadencia correta de 116 passos, temos essa grande dificuldade em acertar o passo sem que seja acelarado.

    • Diego, para quem não é militar não sabe por ouvido (digamos assim) como é a cadência, e nem vai pegar um relógio e contar os passos em um minuto rsrsrs, uma coisa pra você se basear melhor é contar 2 passos por segundo, vaio dar uns 120 por minuto, não é exato mas é quase exato, o trabalho é acostumar pelotão com cadência, isso deve levar um certo tempo, dependendo do pelotão.

  4. Obrigado Diego.

    Bem, o método mais fácil e utilizado para marcar a cadência que conhecemos é usando aquelas cantigas. Por exemplo, o instrutor diz: UM, DOIS, o grupo responde: TRÊS, QUATRO. Daí, basta dizer no ritmo que você quer a cadência.

    Com o tempo e com treino, o grupo consegue pegar a cadência correta.

    Um abraço.

  5. Gostei muito do site…
    sendo uma nova diretora de Clube, estou um pouco perdida ainda.
    Suas dicas clarearam muito minhas ideias.
    Obrigada!

  6. oi, geralmente em camporis os clubes apresentam suas evoluções, qual é o comando para iniciar a evolução ? obrigado

  7. Oi Alan,

    Como evoluções não são “regulamentadas” por esse manual, não existe um comando específico para iniciá-la. O que os Clubes mais usam é: preparar para a evolução… ou, atenção para evolução…

    Um abraço.

  8. vale lembrar tbm que no comando frente para retaguarda não se fala mais o”RÀ” agora se fala”FÈ” pq “rá” siguinifica um deus de um lugar ai nao lembro!e verdade?

  9. Olá Anônimo,

    Na verdade o Manual de Campanha C22-5 do Exército (o Manual de Ordem Unida que nós usamos como base) não especifica o grito a ser dado no comando Frente para Retaguarda. Usamos o rá por ser uma convenção não só no nosso meio, mas como no meio militar também.

    Não há nenhum problema em gritar Rá, pois não é nenhuma alusão ao deus egípcio do sol. É apenas uma onomatopéia que expressa bem o comando. Agora, o clube pode usar outros gritos, como o DESBRAVADORES, o nome do seu clube ou da unidade.

    Um abraço.

  10. Boa tarde Jéssica,

    Obrigado pelo apoio.

    A DSA está estudando essa proposta de criação de um manual próprio. Vamos orar para que dê tudo certo!

    Um abraço.

  11. se essa história de RÁ for verdade nos temos que parar de falar pois somos cristãos e adoramos a só um Deus, se vc sabe que isso significa um deus egipcio do sol pq continuar falando?

    e na minha opinião essa história de fazer um manual cada clube nao vai dar certo vai ficar desorganizado,cada um vai querer fazer o que quer e vai perder a espiritualidade!pq o objetivo do clube tbm é a espiritualidade de cada um do jovem , do adolescente,salvar do pecado e guiar no serviço então não podemos perder esse foco!

    me desculpe por eu da minha opinião não to fazendo intriga com ninguem mas quero ajudar não podemos perder o foco que é jesus!

    parabens alberto continue trazendo jovens pra cristo e saiba o q vc ta fazendo não é em vão.um abraço!

  12. Boa tarde Anônimo,

    Repito o que disse, o grito “Rá”, em resposta ao comando Frente para a Retaguarda (Direita ou Esquerda) não faz nenhuma alusão ao deus egípcio. Portanto, não precisamos nos preocupar. Agora, se isso for um problema na sua região, é só trocar o gripo por DESBRAVADORES, ou pelo nome do seu Clube ou Unidade.

    Acredito que a Jéssica não quis dizer que cada Clube deve fazer o seu manual, e sim a organização como um todo, ou seja a Divisão Sul Americana. Você está corretíssimo, a ordem unida deve ser padronizada para que haja ordem e harmonia, honrando a obra de Deus.

    A Divisão está estudando a possibilidade de criar um manual, vamos orar por eles.

    Um abraço.

  13. Este ano estou querendo implanta um sistema de padronização com a ordem unida com os bastões aos Cap das unidades!

    Você possui esse material contendo essas informações?

    Ou posso resgata-lo por meios proprios?

  14. Olá Anônimo,

    Excelente idéia, infelizmente essa é uma parte da ordem unida muito negligenciada nos Clubes.

    Bem, a Missão Alagoas fez um excelente trabalho publicando um manual de ordem unida para o Campo deles. Neste manual tem a parte de ordem unida com bandeirins, que é exatamente o que você está precisando: http://www.4shared.com/document/MbhfUyFd/Guia__de_Ordem_Unida_MisAL_.html.

    Como eu comentei, é idéia da DSA criar um manual de ordem unida oficial, então vamos orar para que dê tudo certo!

    Um abraço.

    Viver para servir!

  15. que massa tava precisando dessas informaçoes sobre ordem unida para fazer a especialidade…………agora sim tirei todas as minhas dúvidas.

  16. qdo criança, não quis fazer parte do Clube, por não gostar de Ordem Unida. Este ano fui chamada para ser secretária do Clube, mas continuo não gostando, sou obrigada a fazer a Ordem Unida ?

  17. Olá, Anônimo, boa tarde.

    Bem, ordem unida faz parte do programa do Clube e, como membro da diretoria, o ideal seria que você participasse também, para dar o exemplo.

    Agora, caso isso seja uma coisa que te afaste do Clube e você não consiga lutar contra, converse com seu diretor para você não participar.

    Uma observação importante é: como a ordem unida era dada quando você era criança? Às vezes, infelizmente, alguns líderes agem da maneira errada e a ordem unida não cumpre o seu objetivo. Esses líderes precisam ser corrigidos.

    Um abraço.

  18. Amei tudo!! Tinha coisas aqui q nem eu sabia rsrsrsrs é muito bom agente dá uma olhadinha, q agente aprende mais coisas novas!!!

  19. Olá sou conselheira do CLUBE DE DESBRAVADORES ÓRION!Somos de Porto Alegre bairro Partenon,e estou amando esse blog queridos,Deus abençoe mto mais vcs!

  20. Olá, Luciana,

    Agradecemos muito o apoio e as palavras. Por favor, ore por esse ministério maravilhoso!

    Um abraço e fique com Deus.

  21. Eu sei que o comando apresentar armas nao é usado, mas eu preciso responder na especialidade, vc pode me dizeer como é feito esse comando, e como se executa por favor????

    • Olá, Anônimo,

      Realmente esse é um comando que não é realizado no Clube de Desbravadores e esse requisito está desatualizado. No caso, você apenas deixa o apresentar armas de lado e continua o resto. Qualquer dúvida, pode pedir ao seu diretor ou regional para entrar em contato comigo.

      Um abraço.

  22. kraca agora ficou bom esse site é dmais estava procurando sobre ordem unida e achei mto legal a forma q colokram os comandos…cm ilustracoes…vlw aii!!!sou conselheira do clube falcoes do delta e parnaiba piaui

    • Olá, Anônima,

      Ficamos muito felizes que tenha gostado do nosso blog e desse post. Ore, por favor, por esse ministério maravilhoso!

      Um abraço.

  23. adorei esse manual online,brigado ajudou muito,sou um desbravador do clube Novo Tempo da 2°Região e estava pesquisando
    sobre Ordem Unida pois não sou muito bom nisso mas estou treinando para uma competição sábado seu clube deve gostar muito de você Diretor Alberto.

    Um Abraço.até mais

    • Olá, Anônimo,

      Fico muito feliz por estar gostando do nosso Cantinho e também agradeço as palavras.

      Sempre que precisar, é só entrar em contato.

      Um abraço.

  24. ola, temos apreciado bastante o vosso esforços quem feito para melhorar o mundo dos desbravador, eu fico muito feliz comvosso trabalho.
    mas ten uma coisa, o Manual publicado aqui, não opçcão para baixar

    • Olá, Nelson,
      Ficamos muito felizes com suas palavras. É uma honra sabermos que estamos cumprindo com os nossos objetivos.
      A opção de baixar o manual desta página está no penúltimo parágrafo, na nota explicativa. Confere se está tudo ok e qualquer coisa avisa a gente, tá?
      Um abraço.

  25. Prezados, boa tarde.

    Sou Luiz Henrique de Curitiba/PR, pertenço ao Clube Antares que fica na Fazenda Rio Grande/PR. Gostaria de saber se ensaio de Ordem Unida nas sextas-feiras à noite [que para nós já é sábado] é lícito fazer ensaios de ordem unida, tanto quanto apresentações em praça, sem nenhum ganho, como também em concursos.

    Att.,

    Aguardo resposta.

    Luiz Henrique
    Curitiba/PR
    LuizHrq5@hotmail.com

    • Olá, Luiz,
      Apesar de o Clube ser um departamento da Igreja, nem todas as suas atividades são próprias para o sábado. Uma delas é a ordem unida. Não é adequado usar as horas sabáticas para ensaios. É claro que uma apresentação pública, a depender da ocasião, não é nenhum problema. Por exemplo, no dia do Impacto Esperança (sábado), nosso Clube saiu tocando a fanfarra, enquanto os demais membros da Igreja distribuíam os livros.
      Um abraço.

  26. ola meu nome e antonio fasso parte do crub pássaro dourado e ja fasso parte do pilotao especial

  27. eu sou do interior do rj, e pertenço ao clube guardiões de Araruama da iasd central de Araruama, eu sou capitã da minha unidade e quero ensinar essas coisas direitinho pra minhas desbravadoras lindaas!! unidade beija blor!

    • Olá, Ana,
      Ensinar nossos desbravadores a fazer o certo é a nossa missão, seja o assunto ordem unida ou Bíblia! Parabéns pela escolha.
      Um abraço para a Unidade Beija Flor!

    • Sim, podemos. Mas a pessoa que estiver no comando deve ter um cuidado especial: ao comandar direita (esquerda ou meia volta), ela deve dar uma pausa para que se adote a posição de sentido; quando a tropa adotar a posição de sentido, dá-se a voz de execução volver, e então a tropa executa a volta (esquerda, direita ou meia volta). Nesse caso, a voz de comando (esquerda, direita ou meia volta) funciona como o comando de sentido, portanto deve ser executado por toda a tropa ao mesmo tempo. Uma coisa importante é que, ao término da execução do movimento, a tropa permanece na posição de sentido. Caso a intenção seja a de colocar a tropa de frente para alguma direção mantendo a posição de descansar, o comando deve ser o de “frente para a esquerda” (direita ou retaguarda).

      Um abraço.

      • entao, basicamente podemos sim fazer esse comando, mais ao realizarmos devemos permanecer em sentido…
        so ficamos em descansar se o comando for “de frente para a (esquerda, direita ou retaguarda)…”

        entendi certo ?
        Abraço

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

* Copy This Password *

* Type Or Paste Password Here *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Current day month ye@r *