Clube de Desbravadores no acampamento de verão!

Clube John Hancock, Riachão 2012

Clube John Hancock, Riachão 2012

O carnaval está chegando e felizmente muitas Igrejas tomam providências para tirar seus jovens do agito das cidades. Em alguns lugares os acampamentos seguem um estilo mais rústico e um bom lugar com sombra e um rio já são suficientes. Outras Igrejas preferem usar alojamentos ou chalés e o campinho de futebol é indispensável.

O foco do acampamento são os jovens e os adolescentes, mas geralmente vai a família toda e cada Igreja procura agradar seus membros para alcançar o máximo de participação. Por isso, é necessário ter atividades para todas as faixas etárias, entretanto, nem sempre a direção se preocupa com isso. O resultado é que as crianças ficam sem ter o que fazer e acabam indo fazer “arte”.

Para auxiliar a direção JA no programa, proporcionar uma atividade agradável e interessante para as crianças e fazer uma excelente propaganda do Clube, podemos, durante os dias do acampamento de verão, realizar um clubão com as crianças que estiverem por lá. A ideia não é nova, já foi testada e aprovada muitas vezes em uma campal que acontece todos os anos em Uruaçú/GO, o Riachão.

Nessa campal funciona desde 1999 o Clube Jonh Hancok, um Clube que tem atividades apenas 3 dias no ano e reúne até 500 desbravadores! Só quem já participou sabe a festa que é. Este clubão, além de proporcionar atividades construtivas para os juvenis e adolescentes, permite que os pais se concentrem mais nas programações dos adultos.

E aí, gostou da ideia? Então aqui vão algumas dicas para o programa ser um sucesso!

  • Veja a quantidade aproximada de crianças. Obviamente a quantidade exata você só vai saber lá, mas de acordo com o padrão dos acampamentos anteriores dá para ter uma ideia do que te espera.
  • Dê preferência para as atividades “desbravadorísticas”. Se em vez de você ensinar nós, amarras e especialidades, você se concentrar apenas em atividades típicas de gincanas, seu projeto ficará mais para colônia de férias do que para desbravadores de verdade.
  • Tente reproduzir a estrutura do Clube. Unidades de 4 a 8 membros, do mesmo sexo e idade aproximada, lideradas por um conselheiro e diretores associados masculino e feminino para auxiliar o “diretor” são uma receita de sucesso. Recursos humanos em menor quantidade que isso podem tornar o programa muito estressante para os voluntários.
  • Fortaleça as unidades. Uma das funções dos acampamentos é fazer amizades e não há nada melhor para fazer amigos que uma unidade realmente unida. Leve materiais para improvisar bandeirins, incentive a criação de um grito de guerra e crie atividades que fortaleça o trabalho em equipe.
  • Foco nas especialidades! Agora temos 475 especialidades, então tem muita coisa legal para fazer! Aproveite a oportunidade. Mas atenção! Não faça especialidades incompletas. Só trabalhe aquelas especialidades que possam ser concluídas TOTALMENTE no acampamento mesmo. Todos os requisitos devem ser concluídos para que a criança possa receber a insígnia no final do acampamento.
  • Certifique-se de ter material suficiente. Especialidades, brindes, premiações… tenha suficiente para todos senão seu programa vai virar um mico. É claro que em algumas coisas você vai ter que improvisar, mas vai dar bem menos trabalho se estiver tudo certinho antes.
  • Evite as competições. O clima deve ser de cooperação. Uma corrida de nós, um concurso de pinturas ou um caça ao tesouro podem ser realizados, mas só se tiver prêmio para todos. Não é hora para deixar ninguém chateado.
  • Não faça uma programação muito cheia. A programação deve ser leve por dois motivos, não atrapalhar o programa preparado pela direção jovem e não sobrecarregar as crianças. Converse direitinho com quem está fazendo a programação do acampamento e só coloque atividades nos horários em que a pessoa permitir. Deixe sempre tempo livre durante o dia, no mínimo 2 horas, para as crianças fazerem o quiserem.
  • Pegue leve com a disciplina. Para a maior parte das pessoas não é necessário dizer isso, mas nunca é demais lembrar. Neste Clube “festivo” não é necessário exigir que a unidade esteja completamente imóvel para que a unidade seja apresentada, ou “mandar embora” quem chegar atrasado para a atividade, ou ainda exigir muita precisão na ordem unida. Deixe as coisas mais light, mas não frouxas, obviamente todos os ideais dos desbravadores devem ser observados.
  • Faça um encerramento interessante. Uma cerimônia semelhante à entrega de lenço e especialidades pode ser feita no último dia do acampamento. Converse com o Departamental de Desbravadores do seu Campo e peça autorização para fazer um lenço comemorativo do seu evento. Só entregue especialidades para quem realmente as concluiu.

IDEIA DE PROGRAMA

Sábado à tarde – Explicação do programa, divisão das unidades, composição do grito de guerra

Sábado à noite – Cine pipoca ou confecção do bandeirin ou especialidade (natureza ou manual)

Domingo de manhã – Ordem unida e/ou orientação com bússola

Domingo à tarde – Especialidade recreativa

Domingo à noite – Trilha com bússola

Segunda de manhã – Nós

Segunda à tarde – Especialidade recreativa

Segunda à noite – Especialidade (manual ou natureza)

Terça de manhã – Finalização das especialidades

Terça à tarde – Programa de encerramento

ESPECIALIDADES POSSÍVEIS DE CONCLUIR EM UM ACAMPAMENTO

Arte de trançar

Arte em fantoches

Árvores

Briófitas

E.V.A.

Escultura

Futebol de botão

Insetos

Marcação bíblica

Natação principiante I

Pintura em tecido

Segurança básica na água

Tie-dye

Vermes

1- Éveni

 

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *