Cientistas desvendam o segredo do salto da pulga

Cientistas da Universidade de Cambridge, na Grã-Bretanha, resolveram o mistério de como pulgas saltam tão longe e tão rápido.

Estudos anteriores já haviam revelado que a energia necessária para catapultar uma pulga a uma distância 200 vezes maior do que o comprimento do seu corpo tinha sua origem em uma estrutura elástica, semelhante a uma mola, presente no organismo do inseto.

Mas os especialistas não entendiam como as pulgas conseguem aplicar um impulso tão rápido no chão para realizar o salto.

Filmagens feitas com câmeras capazes de capturar objetos se movendo em alta velocidade revelaram que o segredo está na forma como as pulgas usam suas pernas traseiras – como alavancas de múltiplas partes.

Esse “efeito alavanca” permite que as pulgas pressionem suas patas no chão e a liberação repentina da “mola enrolada” projeta o inseto para a frente e para cima, afirmam os cientistas na revista científica Journal of Experimental Biology.

Um dos cientistas envolvidos no trabalho espera poder utilizar mecanismos semelhantes ao da pulga na construção de máquinas, como robôs saltadores.

Mesmo com os estudos detalhados que foram realizados, alguns aspectos ainda não foram esclarecidos. Segundo um dos pesquisadores, “isso mostra quão pouco sabemos sobre os insetos mais comuns.”

“Se você observa as ações e movimentos que os animais são capazes de gerar, eles são tão melhores do que maquinas modernas”, ele disse à BBC.

Nota: As máquinas mais modernas não podem existir sem um projetista. Assim como a criação não pode existir sem um Criador. Como vemos, a própria ciência nos dá evidências da existência de um Criador, basta querer enxergar.

“Ensinai as crianças a ver Cristo na Natureza. Levai-as ao ar livre, à sombra das nobres árvores do quintal; e em todas as maravilhosas obras da criação ensinai-as a ver uma expressão de Seu amor. Ensinai-lhes que Ele fez as leis que regem todas as coisas vivas, que fez leis também para nós, e que elas visam a nossa felicidade e alegria. Não as fatigueis com longas orações e exortações tediosas, mas, mediante as lições objetivas da Natureza, ensinai-lhes a obediência à lei de Deus.” O Desejado de Todas as Nações, página 516.

Fonte: http://www.bbc.co.uk/portuguese/multimedia/2011/02/110210_videopulgaebc.shtml

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *