Campori DSA é destaque na mídia

11890641436_3c50b06da4_o

Barretos/SP foi a sede do esperado IV Campori de Desbravadores da Divisão Sul-Americana. O sonho de milhares de desbravadores se tornou realidade para 35 mil deles! Um evento desta grandeza não passaria desapercebido pela mídia. Entre as diversas notícias vinculadas esta semana, destacamos duas: a publicada na Folha de São Paulo e a notícia apresentada no Jornal Nacional, da Rede Globo. Confiram!

O Parque do Peão de Barretos (423 km de São Paulo), que em agosto se transforma na capital do rodeio no país com a tradicional Festa do Peão de Boiadeiro, recebe até domingo (12) um evento que reúne 35 mil jovens brasileiros e de outros 12 países.

Para abrigar todos, a Igreja Adventista do Sétimo Dia –que promove o Campori Sul-Americano de Desbravadores– montou uma “minicidade” no parque, com energia elétrica própria, água e equipe de 2.000 pessoas.

Há até hospital (com médicos, enfermeiros, dez ambulâncias, postos e farmácia). Conta ainda com supermercado e internet wi-fi.

Participam do evento, principalmente, crianças e adolescentes entre dez e 15 anos, que aos finais de semana fazem atividades da igreja.

Eles são chamados de “desbravadores” –espécie de escotismo. Aprendem a cozinhar, têm noções de organização e fazem ações solidárias, entre outras atividades.

Silva Junior/Folhapress
Jovens montam barraca em evento da Igreja Adventista no Parque do Peão, em Barretos
Jovens montam barraca em evento da Igreja Adventista no Parque do Peão, em Barretos

Para chegar a Barretos, um grupo de Recife (PE), por exemplo, vendeu durante o ano passado doces e salgados para arrecadar dinheiro e pagar a viagem, que teve duração de 51 horas.

“Vendíamos doces e salgados aos finais de semana, juntamos dinheiro e estamos aqui. Agora, espero que eles cresçam mentalmente, fisicamente e espiritualmente”, afirmou Suzicleide Maria da Silva, 37, diretora do clube.

Quem também não mediu esforços –e fôlego– foram os irmãos Jonas Soares, 46, e Jadson Pinheiro, 40, que viajaram dez dias e percorreram mais de 2.100 quilômetros de bicicleta. Eles saíram de Porto Velho (RO).

Um outro grupo saiu de Autazes (AM) e viajou 2.200 quilômetros até Barretos. No total, 20 pessoas viajaram de barco, balsa, avião e ônibus.

Para juntar dinheiro, os jovens venderam café e peixes. “Valeu a pena”, disse Suzana de Carvalho, líder do grupo.

Fonte: Folha de São Paulo

Fonte: Rede Globo

Para os que não foram ou para os que desejarem rever momentos e matar a saudades, confira no site oficial a galeria de vídeos e fotos [nas guias do site, você seleciona o dia para visualizar as fotos].

E não se esqueçam, temos um “encontro marcado na eternidade”!!!

1- Alberto

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *