Especialidade de Biossegurança: aprendendo a pesquisar

A Divisão Sul-Americana (DSA) publicou hoje a OMD 017/2020 (clique AQUI para baixar a OMD), que cria a especialidade de Biossegurança! Isso mesmo, uma especialidade fresquinha para a gente aproveitar agora no distanciamento social.

Essa medida faz parte do plano de enfrentamento do Ministério de Desbravadores e Aventureiros da DSA à pandemia da Covid-19 (doença causada pelo novo coronavírus). Mas, como diz o texto da própria OMD, “a especialidade de Biossegurança não foi criada somente para o contexto mundial que estamos vivendo, ela também abrange o estudo e ações de prevenção de outras epidemias ou pandemias”.

Nela você vai conhecer alguns termos técnicos da área, aprender o que são EPIs, diferenciar entre surto, epidemia, pandemia e endemia, estudar algumas outras pandemias já enfrentadas pela humanidade, como lavar as mãos corretamente e o que a Bíblia diz a respeito desse momento que estamos vivendo!

Abaixo estão os requisitos necessários para a conclusão desta especialidade:

  1. Defina os seguintes termos:
    • Aerossóis
    • Agente de risco
    • Biossegurança
    • Material biológico
    • Acidente químico ou biológico
    • Incidente químico ou biológico
    • Patogênico
  1. O que são EPIs? Para que eles servem? Fale quais podem ser usados pelos profissionais da saúde.
  1. Diferenciar surto, epidemia, pandemia e endemia?
  1. Em meio a uma epidemia/pandemia, quais os principais cuidados que devem ser tomados?
  1. Qual a diferença de isolamento e quarentena?
  1. Escolha da lista abaixo duas doenças e diga: quando aconteceu? quantos foram infectados? qual era a maneira de contágio? quais eram os sintomas? encontraram cura? quais foram os cuidados de biossegurança?
    • Peste negra
    • Varíola
    • Gripe espanhola
    • Tifo
    • Gripe suína
  1. Escolha uma das doenças abaixo e responda: Quais são os sintomas? Como é a forma de contágio? Existe cura atualmente? Onde e quando já houve surto/epidemia/pandemia? Existe prevenção dessa doença?
    • Cólera
    • Tuberculose
    • Febre amarela
    • Sarampo
    • Malária
    • AIDS
  1. Como as vacinas funcionam? Qual a importância de estar com as vacinas em dia?
  1. Sobre a lavagem das mãos:
    • Faça um vídeo demonstrando ou apresente pessoalmente a seu instrutor como deve ser feita a lavagem correta das mãos. Explique porque é importante seguir cada passo.
    • Por qual motivo não é recomendável usar toalhas que serão usadas várias vezes por várias pessoas e sim toalhas de papel?
  1. Por que o adequado é usar álcool 70% e não outros tipos de álcool? Qual a forma correta de utilizá-lo?
  1. Que atitudes devem ser tomadas ao tossir e espirrar para evitar contaminar outras pessoas?
  1. De acordo com Mateus 24 e Apocalipse 6, o que a Bíblia fala sobre as doenças no fim dos tempos?
  1. De acordo com I Coríntios 15 e Apocalipse 21 e 22, o que acontecerá com os doentes e com as doenças quando formos ao céu?

Logo abaixo estão alguns sites com informações confiáveis que podem ajudar no estudo desta especialidade.

Caso você tenham dúvidas ou indicação de fonte, nos deixe um comentário ou envie um e-mail.

Atualização das classes de liderança

Para aqueles que gostam de novidades, essa aqui é especial! A Divisão Sul-Americana – DSA revisou as classes de liderança de desbravadores e o novo cartão está disponível pela editora Sobretudo e, um pouco mais para frente, nos Campos.

A DSA trabalhou para deixar as três classes (líder, líder máster e líder máster avançado) mais aplicáveis ao dia a dia dos Clubes de Desbravadores, sem que isso prejudicasse o nível de exigência.

“Mas e se eu já tiver começado o meu cartão, e agora?” Calma, não se desesperem, rs. O prazo para a transição é de dois anos, ou seja, até 2021 o cartão antigo continua válido.

Conforme informação no site oficial dos Desbravadores, com os novos cartões temos três opções:

Para quem estava fazendo o cartão antigo: 

1) Pode continuar a cumprir os requisitos e ser investido até 2021.
2) Pode usar o novo cartão e migrar os requisitos já cumpridos.

Para quem vai começar as classes de líder, líder máster ou líder máster avançado em 2020:

3) Deve usar o novo cartão. 

Lembramos que desde o final do ano passado está disponível o cartão virtual pelo portal Encontre um Clube. Após a validação de início pelo diretor ou secretário do Clube, o candidato a uma das três classes pode optar por cumprir toda a sua classe em formato digital, sem necessidade de uma pasta física. Mas por enquanto, essa é uma opção, ou seja, a pasta física continuará sendo aceita por um tempo.

Mas enfim, o que mudou da última revisão, de 2012? 

ORIENTAÇÕES GERAIS

– Foram adicionadas as informações sobre a pasta virtual das classes de liderança feitas no SGC.

– Para se fazer uma nova prova (caso seja reprovado) precisa esperar apenas 15 dias e não mais três meses. 

– Quem sofre disciplina ou remoção agora perde o lenço de líder e, consequentemente, o direito de usar o uniforme. Para a revalidação, além de cumprir alguns requisitos específicos, precisa passar novamente pela investidura (no antigo não precisava de nova investidura em casos de disciplina ou remoção). 

LÍDER

– Opção entre fazer o ano bíblico jovem ou ler a Bíblia completa em dois anos.

– A prova do livro Salvação e Serviço foi substituída por uma prova sobre o Manual Administrativo do Clube de Desbravadores. 

– A prova do ECA foi substituída por um curso online no SGC-EaD sobre o assunto. Para quem concluir o curso com o aproveitamento estipulado será emitido um certificado. Para o cumprimento do requisito é necessário apresentar o certificado impresso.

– Substituição de reação à leitura do livro “Mensagens aos Jovens” pelo livro “O Libertador” (O Desejado de Todas as Nações – versão atualizada).

– Substituição da especialidade de Arte da pregação cristã para a especialidade de Arte de contar histórias cristãs. 

– Ampliação das possibilidades de função na direção do Clube (antes somente contavam os cargos de conselheiro, diretor associado e diretor).

– Inclusão de um requisito de visitação às crianças.

– Não é mais necessário ser instrutor de uma classe avançada, apenas de uma regular.

– Substituição do treinamento promovido pelo Campo nas áreas de Ministério Pessoal, Escola Sabatina, Pequenos Grupos e Evangelismo para participação em projetos relacionados ao Clube e à Igreja local.

LÍDER MÁSTER

– Não são mais obrigatórias as classes avançadas para iniciar e/ou se investir na classe.

– Opção de fazer o ano bíblico convencional ou em áudio.

– Não é mais necessário a leitura completa do livro “A Ciência do Bom Viver”, apenas alguns capítulos selecionados. A reação à leitura passa de três páginas para apenas uma página. 

 Não é mais necessário fazer Mestrado em Saúde ou Ciência e Tecnologia.

Ampliação das possibilidades de função na direção do Clube (antes somente contavam os cargos de diretor, diretor associado e secretário).

 Não é mais necessário fazer a tese/monografia de 15 a 20 páginas ou ministrar uma aula num curso de máster.

– Opção entre dar estudos bíblicos para uma família ou para uma classe bíblica.

Sem dúvida, a principal mudança foi o retorno das sete áreas de concentração (administração e relações humanas, acampamento, evangelismo juvenil e atividades comunitárias, criatividade, ordem unida e civismo, educação campestre e recreação). O candidato deve escolher e cumprir duas delas. Acreditamos que essa mudança é muito positiva, pois direciona o aperfeiçoamento de acordo com os dons e habilidades individuais. Ainda, os requisitos foram ajustados de forma a tornar as áreas mais equilibradas, do ponto de vista do nível de exigência.

LÍDER MÁSTER AVANÇADO

– Opção de fazer o ano bíblico convencional ou em áudio.

– Opção de ser orientador de um candidato a líder ou líder máster, no período de um ano ou até a investidura.

– Remoção do requisito do Mestrado em Ecologia ou Habilidades Domésticas.

– Não é mais obrigatório que o estudo bíblico culmine no batismo para que o requisito seja concluído.

Assim como na classe de líder máster, líder máster avançado tem novamente as sete áreas de concentração e o candidato deve escolher uma para se aperfeiçoar. Os requisitos também foram ajustados para manter o equilíbrio no nível de exigência em cada área. A seção “VII – Capacitação aplicada”, do antigo cartão, foi ajustada dentro da área de administração e relações humanas.

Referências: Site Oficial dos Desbravadores DSA

E aí, o que achou das mudanças? Compartilha aqui com a gente! Fiquem de olho que em breve publicaremos os requisitos das três classes.

 

Livros do ano 2020

2020 já começou! Que tal aproveitar esse mês sem reuniões do Clube para adiantar a leitura dos livros do ano?

Confira aqui a lista oficial para aventureiros, desbravadores/juvenis, jovens e adultos.

Aventureiros

A casa de Bruno e Nina, Dalva Amélia

Seguindo o livro Orientação da Criança, de Ellen G. White, os pais de Bruno e Nina transformaram a casa deles em um lar muito feliz, onde o amor, o respeito, a alegria e a obediência também moram. Mas o que acontece nessa casa? Neste livro, os irmãos vão contar tudo para você.

Ao conhecer a família de Bruno e Nina, a criança aprenderá sobre obediência, respeito, diálogo e outras importantes lições.

Desbravadores

O último objetivo, Giulia Marucci

O acidente… A tragédia… Ela era tão jovem…

Como você se sentiria se perdesse seu melhor amigo? O que Violeta faria sem Elaray, a amiga qua a ajudava a encontrar beleza até mesmo nas coisas mais simples? Sentia-se insegura e desamparada. Mas, na caixa de pertences secretos da amiga, ela encontrou um Caderno de Objetivos Semanais. Violeta percebeu que apenas um dos objetivos não estava riscado, o único que não tinha sido alcançado… e por sua causa.

E agora? Ela faria isso pela amiga? E, afinal, que objetivo seria esse?

Um emocionante livro sobre amizade, transformação e esperança.

Jovens

Perseguido na China, Bradley Booth

Lutas e Livramentos De Um Jovem Que Não Negociou Sua Fé

Em 1960, Chen, um fiel jovem adventista do sétimo dia, foi colocado na prisão por se recusar a deixar de testemunhar sobre Jesus. Mesmo vivendo em um lugar bastante sujo e passando fome, Chen aproveitou todas as oportunidade para contar a seus companheiros de cela e agentes penitenciários sobre o Deus amoroso a quem ele servia.

Perseguido na China ilustra o pesadelo e aprovação que o povo de Deus muitas vezes sofre por causa da fé em Cristo. É uma história de incansável devoção e de homenagem à fidelidade de Deus, cujo amor nunca acaba. Chen tem certeza disso por experiência própria, pois, se não fosse o milagre que Deus realizou para salvar sua vida, ele teria morrido na prisão de Wu Xi.
Testemunho do pastor Chen: “A graça divina sempre foi suficiente para mim, tanto nos tempos bons quanto nos ruins, e hoje dou graças a Deus por isso.”

Adultos

O Lar Adventista, Ellen G. White

Lar, doce lar. Muito mais que uma casa em que se abrigar, o lar são pessoas que se amam e são amadas. Pelo menos é para ser assim.

Como vive uma família em que um, alguns ou todos os seus membros aguardam a vinda de Jesus Cristo? O Lar Adventista descreve como a esperança faz a diferença, produzindo harmonia, respeito e amor no relacionamento familiar.

Retrospectiva da década de 2010

Retrospectiva da década

Semana passada encerrou a década de 2010, isso significa, por exemplo, que uma criança que nasceu em 2010 poderá entrar este ano no Clube de Desbravadores rs

Brincadeiras à parte, tenho certeza de que os últimos 10 anos foram significativos para os Desbravadores na América do Sul. Vamos conferir? (Passe o mouse por cima das imagens).

Em novembro de 2010, nasceu nosso Cantinho da Unidade! 😛

Clique AQUI.

Em outubro de 2012, o Ministério de Desbravadores e Aventureiros foi separado do Ministério Jovem na Divisão Sul-Americana, uma grande conquista! O primeiro líder sul-americano é o Pr. Udolcy Zukowski, que está na função até hoje.

Clique AQUI.

Em dezembro de 2012 foi lançada a nova versão do Manual de Especialidades da DSA, saindo de 250 para 475 especialidades!

Clique AQUI.

Em 2014 tivemos o IV Campori Sul-Americano de Desbravadores, em Barretos/SP, com 50 mil desbravadores!

Clique AQUI.

Também em 2014, tivemos o lançamento do novo Manual Administrativo do Clube de Desbravadores.

Clique AQUI.

Em 2015 a DSA adotou, em todo o seu território, o SGC – Sistema de Gerenciamento de Clubes. Um sistema unificado de secretaria para todo o seu território! Isso significa que a história de um desbravador nunca mais será perdida, independente se ele mudar de cidade, estado ou país, dentro da América do Sul. Simplesmente fantástico.

Clique AQUI.

Em 2019 tivemos o V Campori Sul-Americano de Desbravadores, novamente em Barretos/SP, com 100 mil participantes nas suas duas edições, tornando-se o maior evento jovem do planeta!

Clique AQUI.

2019 fechou com três países onde existe um Clube de Desbravadores para cada igreja organizada: Brasil, Equador e Paraguai. Somos 333.650 desbravadores em 12.173 clubes. Para vocês terem uma noção da relevância dessa conquista, o Pr. Erton Köhler, presidente da DSA, a elencou como uma das 10 grandes bênçãos da igreja na América do Sul em 2019!

Clique AQUI.

Muita bênção para contar, não é mesmo?! Hoje somos um movimento maior e mais organizado, o que contribui, certamente, para o melhor cumprimento da nossa missão: salvar do pecado e guiar no serviço.

E quanto à retrospectiva do nosso Cantinho? Bem, foi difícil fazer esse levantamento, mas tentamos elencar 10 posts que marcaram a nossa história. Veja abaixo (clique na imagem para abrir o post):

É isso aí, meus amigos! Esperamos que a década de 2020 seja ainda mais cheia de bênçãos que a de 2010, quem sabe não seja a última?! Bem, vamos fazer a nossa parte, certo? 😀

Compartilhem nos comentários as bênçãos que vocês tiveram nos seus Clubes nos últimos 10 anos.

O verdadeiro presente de natal

O Natal é a época do ano mais favorável para que compartilhemos o amor de Cristo com as pessoas. Devido ao clima típico desta semana especial, as pessoas estão com o coração mais aberto às mensagens e reflexões.

Nesse sentido, gostaríamos de compartilhar com vocês uma sugestão de peça de natal, para ser executada em sua igreja no programa especial de natal.

A história passa na cidade de Curitiba e conta a história de duas famílias.

Cenários:

  • De um lado do palco montar a sala de uma casa de uma família rica, sala elegante com sofá, uma árvore de natal e um espaço com uma mesa de jantar.
  • Do outro lado do palco montar uma casa simples de uma família pobre. Montar uma sala bem humilde.
  • Ao meio, uma avenida do centro da cidade, se conseguir fazer ao fundo imagens de fachada de lojas com decoração de natal;
  • Uma pequena mesa, como de uma atendente, com um telefone e um computador (cenário móvel, a ser montado para a cena necessária).
Continue lendo

Dia mundial do desbravador 2018 – ideias para o JA

E aí galerinha de lenço?! Voltei para dar mais algumas dicas para o seu dia mundial! Vamos falar um pouco sobre o programa da tarde. Sei que muitas igrejas hoje não fazem mais programação à tarde, mas conversando com meu amigo Alberto concluímos que muitos de vocês ainda o fazem. Então, pensando nessas pessoas, estou aqui para compartilhar algumas ideias que tive para esse ano.

Na minha visão, o programa da tarde precisa ser rápido e significativo, por isso não vamos elaborar um programa muito extenso.

Cenário do programa

De um lado da igreja faça um ambiente de praça, para ser o ponto de encontro da turma. Você pode usar plantas ornamentais, ou um tapete de grama sintética para compor a paisagem e colocar um ou dois bancos. Veja algumas ideias abaixo de como fazer.

Do outro lado da igreja, faça uma sala de estar que será o outro ponto de encontro da turma. Coloque um sofá, um tapete, uma mesa de centro ou algum outro móvel que você conseguir para compor o cenário. Veja abaixo algumas ideias.

Cante duas músicas com a igreja, faça uma oração e comece o programa.

Continue lendo

Dia mundial do desbravador 2018 – ideias para ornamentação

Maranata, meus amigos de lenço!

Estamos próximos a uma data que considero muito especial, a celebração do Dia Mundial do Desbravador. Geralmente, ao longo do ano eu fico meio sumido. A correira no meu dia a dia é bem grande (sei que isso não é desculpa, rsrs). Mas sempre tiro um tempo para tentar contribuir com algo para esse dia tão especial.

Este ano o tema da programação é vamos com todos. Se você ainda não viu o cartaz e o sermão oficial preparados pela Divisão Sul-Americana, clique AQUI e baixe agora mesmo.

Então vamos começar com ideias para a decoração!

Vamos começar com a frente da igreja. Vamos utilizar a ideia que é proposta pela DSA, fazer um grande lenço amarelo e colocar na frente da igreja. Abaixo tem uma foto que nos ajuda a ter uma ideia de como fazer.

Para este ano, sugerimos preparar a igreja como se fôssemos realizar uma festa de gala, uma ocasião de comemoração. Uma decoração que todos se sintam muito bem recebidos para uma verdadeira celebração com todos.

No hall de entrada vamos preparar um local para fotos, como nas grandes festas do Oscar. Prepare um backdrop (também conhecido como painel pantográfico ou display pop up, essa ferramenta de marketing é um painel grande com uma imagem impressa, para ser usado em eventos, coletivas de imprensa, festas e pódios entre outros) para os convidados que forem chegando irem tirando fotos. Exemplo abaixo:

Você pode fazer de maneira bem simples. Basta imprimir as imagens abaixo em uma folha A4 (intercalando uma folha branca e outra amarela) e colar de forma intercalada, conforme demostração abaixo.

Clique AQUI e AQUI para você baixar e fazer o seu backdrop do Dia Mundial.

Dentro da igreja: Coloque um tapete vermelho no centro da igreja e coloque lenços nos bancos, conforme a imagem abaixo.

No púlpito, faça também um grande lenço e coloque bem destacado, abaixo temos algumas imagens.

Faça um cartaz bem grande e coloque no centro da igreja, com o tema do programa.

Político também é gente?

O assunto em si não é política, mas vou usar esse tema em época de eleição porque gostaria muito de chamar sua atenção e causar ao menos um pouquinho de reflexão. Como vocês sabem, a maior parte da equipe Cantinho da Unidade mora em Brasília. Não, nós não tropeçamos em políticos o tempo todo, rs. Entretanto, às vezes, devido nossas profissões, acabamos conhecendo políticos ou parentes deles.

Uma vez tive oportunidade de conhecer a filha de uma mulher da política e ela estava contando o quanto ficava triste quando descobria o que falavam e como falavam da mãe dela. Ela me contou de como a mãe dela muitas vezes chegava em casa acabada depois de um dia terrivelmente estressante.

Minha intenção não é discutir aqui a honestidade de nenhum político, quero que você extrapole e pense em como você fala das pessoas, especialmente nas redes sociais. Muitas vezes nem sabemos a verdade completa e saímos inventando coisas, falando mal e até mesmo xingando as pessoas. Isso é especialmente perigoso nessa época de fake news. Todavia, ainda que a pessoa que estamos falando mal for realmente “culpada”, temos que prestar atenção no que e como falamos porque ela também é um ser humano. E se você é muito sem coração e não considera o outro um ser humano com sentimentos como você, pense ao menos na mãe que pode ser idosa e/ou nos filhos/netos pequenos. Eles não merecem compaixão? Qual é a “culpa” deles?

Outra coisa que me deixa muito triste são as generalizações. Sei que em vários lugares do país policiais não têm boa reputação, mas eu conheço muito bem alguns deles que são irrepreensíveis. Também já fui servidora pública e ficava muito irritada quando falavam mal dos servidores sendo que eu via dia a dia a equipe do meu setor dando o sangue para que as coisas funcionassem. Algo semelhante acontece com algumas pessoas da igreja, porque conheceu um líder ou um pastor que fez algo errado ela passa a falar mal de todos, como se todos fossem desonestos.

Quando se soma todos esses fatores ao fenômeno da viralização nas redes sociais, ao cyberbulling e as consequências dele conseguimos ter noção de que um comentário que você interpreta como banal nas redes sociais pode ter consequências desastrosas. Você quer mesmo arriscar?

Você quer rever suas atitudes? Vou te mandar o ponto de partida.

Nunca, jamais repasse notícias que você não tem certeza. Na igreja, as únicas fontes confiáveis são os sites oficiais, fora isso duvide. Se você quer ter certeza de uma informação entre em contato com a instituição.

Não repasse memes ou posts denegrindo a imagem de uma pessoa ou instituição, nunca sabemos onde isso pode chegar e pode ser extremamente prejudicial à imagem da igreja com o público externo.

Muito cuidado em como você se expressa. É claro que você pode dar sua opinião! Se discorda de algo você deve falar, mas com a pessoa e no lugar correto. Dica: comentários nas redes sociais NUNCA são o lugar correto. Chamar para uma conversa, telefonar ou mandar email são as únicas formas de resolver algo, tudo mais são palavras vazias.

Dia mundial do desbravador 2018 – vamos com todos

Atenção líderes!

Já está disponível para download o sermão e o cartaz oficiais do Dia Mundial do Desbravador 2018, a ser comemorado no dia 15 de setembro.

Baixe agora mesmo e já vá preparando o seu Clube para essa grande festa na sua Igreja! Fique de olho que postaremos aqui dicas para o culto divino, JA, ornamentação e muito mais!

1-Alberto

Por que escolher bem nossos relacionamentos é importante?

As classes de Pesquisador, Pioneiro, Excursionista e Guia têm requisitos que tratam sobre pressão de grupo, amizades, relacionamentos, a escolha da pessoa certa para namorar. Mas porque é tão importante falar sobre esse assunto?

Porque, de acordo com um neurocientista, nossos relacionamentos são as escolhas mais importantes de nossa vida. Quer entender mais sobre o porquê disso? Leia abaixo o texto publicado no site Hypescience.

De acordo com o neurocientista Moran Cerf, da Universidade Northwestern (EUA), a maneira mais fácil de maximizar a sua felicidade não tem nada a ver com experiências, bens materiais ou filosofia pessoal. Cerf estuda o processo de tomada de decisões há mais de uma década. De acordo com o pesquisador, a chave para fazer boas escolhas, e consequentemente ser feliz, é eleger com sabedoria com quem você passa mais tempo. Existem duas premissas que levam Cerf a acreditar que esse é o fator mais importante para a satisfação a longo prazo. A primeira é que a tomada de decisões é muito cansativa. Diversas pesquisas descobriram, por exemplo, que os seres humanos têm uma quantidade limitada de energia mental para dedicar ao ato de fazer escolhas.

Todos os dias precisamos fazer diversas deliberações: que roupa vestir, onde comer, o que comer quando chegamos lá, que música ouvir, entre milhões de outras coisas simples ou complexas que precisamos ponderar. Sim, é exaustivo.

A segunda premissa é que os humanos acreditam falsamente que estão no controle de sua felicidade ao fazer essas escolhas. Em outras palavras, nós pensamos que, se fizermos as escolhas corretas, ficaremos bem. Cerf não crê nisso. A verdade é que a tomada de decisões é repleta de preconceitos que atrapalham nosso julgamento. As pessoas confundem experiências ruins como boas, e vice-versa. Elas também deixam suas emoções transformarem uma escolha racional em uma irracional. Por fim, usam pistas sociais, mesmo inconscientemente, para fazer escolhas que de outra forma evitariam. Como escapar de todos esses obstáculos, e fazer boas escolhas inconscientemente?

A pesquisa de Cerf revelou que, quando duas pessoas estão na companhia uma da outra, suas ondas cerebrais começam a parecer quase idênticas. Um estudo em particular, com espectadores de cinema, mostrou que os trailers mais envolventes produziram padrões semelhantes no cérebro das pessoas. Ou seja, apenas estar ao lado de certas pessoas, realizando alguma atividade juntos, já pode alinhar seu cérebro com os delas. “Isso significa que as pessoas com quem você anda realmente têm um impacto no seu envolvimento com o cotidiano além do que você pode explicar”, afirma Cerf.

Você pode reparar nesse efeito por conta própria: quando um mal-humorado chega em um ambiente, o humor de todas as pessoas em volta piora; quando alguém que fala rápido entra em uma conversa, o ritmo da conversa aumenta; um comediante consegue fazer com que as pessoas ao seu redor se sintam mais leves ou engraçadas, e etc.

A partir dessas premissas, a conclusão de Cerf é que, se as pessoas querem maximizar sua felicidade e minimizar o estresse, elas devem fazer menos decisões ao se cercarem de pessoas que possuem as características que elas preferem. Ao longo do tempo, naturalmente, elas passarão a ter atitudes e comportamentos parecidos com os de suas companhias, que são os desejáveis. Ao mesmo tempo, podem evitar decisões triviais que prejudicam a energia necessária para escolhas mais importantes.

Em outras palavras, se você deseja se exercitar mais, aprender um instrumento musical ou tornar-se mais sociável, encontre pessoas que fazem o que você quer fazer e comece a andar com elas.

Mais uma pesquisa científica confirma conselhos da Bíblia e de Ellen White, desta vez em relação aos relacionamentos. Aqui estão alguns destes conselhos, que devemos levar em consideração ao escolher nossas amizades e a pessoa com quem pretendemos nos casar:

“Como é feliz aquele que não segue o conselho dos ímpios, não imita a conduta dos pecadores, nem se assenta na roda dos zombadores!” Salmos 1:1.

“Aquele que anda com os sábios será cada vez mais sábio, mas o companheiro dos tolos acabará mal.” Provérbios 13:20.

“Não se associe com quem vive de mau humor, nem ande em companhia de quem facilmente se ira; do contrário você acabará imitando essa conduta e cairá em armadilha mortal.” Provérbios 22:24,25

“Não se deixem enganar: ‘As más companhias corrompem os bons costumes’.” 1 Coríntios 15:33

“Todos encontrarão companheiros ou os farão. E exatamente na medida da força da amizade, será o grau de influência exercida pelos amigos uns nos outros, para bem ou para mal. Todos terão amigos, e influenciarão e serão influenciados. Misterioso é o laço que liga entre si os corações humanos, de modo que os gostos, os sentimentos e os princípios das duas pessoas ficam intimamente associados. Um desenvolve o espírito e copia as maneiras e as ações do outro. Como a cera toma a forma do sinete, assim a mente recebe a impressão produzida pelo intercâmbio e o convívio. Talvez a influência seja inconsciente, mas não menos poderosa.” Testemunhos para a Igreja 4, pág. 587.

“É natural buscar companheirismo. Todos encontrarão companheiros ou os farão. E exatamente na medida da força da amizade, será o grau de influência exercida pelos amigos uns nos outros, para bem ou para mal. Todos terão amigos, e influenciarão e serão influenciados.” Conselhos Sobre Saúde, pág. 414.

“Nosso perigo não surge da oposição do mundo, mas acha-se na desvantagem de mantermos amizade com o mundo e imitarmos o exemplo daqueles que não amam a Deus ou Sua verdade.” Cristo Triunfante, pág. 202.

“Devemos acautelar os nossos filhos contra o ato de terem amizade com o mundo e imitarem as obras daqueles que estão em trevas. Tanto quanto possível, conservemo-los longe da sociedade dos incrédulos.” Exaltai-O, pág. 147.

“Pois bem, recusarão os cristãos professos associar-se aos não-convertidos, procurando não ter qualquer comunicação com eles? Não; devem estar com eles, no mundo e não do mundo, mas não participar de seus caminhos, nem ser impressionados por eles, e não ter o coração aberto para seus costumes e práticas. Suas relações de amizade devem ter o propósito de atrair outros para Cristo.” Mensagens Escolhidas, vol. 3, pág. 231.

“É lei, tanto da natureza intelectual como da espiritual, que, pela contemplação, nos transformamos. O espírito gradualmente se adapta aos assuntos com os quais lhe é permitido ocupar-se. Identifica-se com aquilo que está acostumado a amar e reverenciar.” Mente, Caráter e Personalidade, pág. 331.

“Contemplando o mal, tornaram-se os homens transformados na imagem deles, até que Deus não mais pôde tolerar sua impiedade, e foram arrebatados pelo dilúvio.” Fundamentos da Educação Cristã, pág. 422.

“Olhando para Jesus adquirimos visão mais brilhante e distinta de Deus, e pela contemplação somos transformados. A benignidade e o amor para com nossos semelhantes tornam-se-nos um instinto natural. Desenvolvemos caráter que é uma cópia do divino. Crescendo à Sua semelhança, ampliamos nossa capacidade de conhecer a Deus. Mais e mais entramos em comunhão com o mundo celeste, e temos poder incessantemente crescente de receber as riquezas do conhecimento e sabedoria da eternidade.” Parábolas de Jesus, pág. 355.

1- Mateus



Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...