Despesas Médicas, Hospitalares e Odontológicas (DMHO) pelo Seguro Anual de Desbravadores: Procedimentos em Caso de Ocorrência

Recentemente o Clube que faço parte precisou utilizar o Seguro Anual dos Desbravadores para Despesas Médicas, Hospitalares e Odontológicas (DMHO). Durante o processo, fui anotando todos os documentos necessários e compilei essas informações numa pasta, para facilitar processos futuros. Resolvemos divulgar aqui no blog, para ajudar outros Clubes que precisem utilizar o Seguro Anual para DMHO.

Observação: Este artigo não foi produzido pela ARM Sul-Americana e não substitui o Manual do Seguro Anual – MDA & MJ, é apenas um auxílio confeccionado por um membro de Clube.

Portanto, baixe também o Manual do Usuário, material oficial produzido pela ARM Sul-Americana.

O arquivo principal que foi compilado consiste de:

  1. Check-list dos documentos necessários para a análise do sinistro (ocorrência) e a aprovação de reembolso;
  2. Aviso de acidente/atendimento inicial;
  3. Relatório do Médico-Assistente;
  4. Formulário de Autorização de Pagamento de Sinistro – Pessoa Física.

É interessante ter uma ou mais cópias deste arquivo impressas e arquivadas dentro da pasta de secretaria do Clube, para tê-los à mão caso necessitem utilizar o seguro. Fazendo isso, o processo vai ser mais rápido e menos burocrático. Clique aqui para baixar o arquivo.

Algumas dicas:

  1. Em caso de sinistro, entre em contato com a ARM para confirmar se o acidente tem previsão de cobertura pelo Seguro Anual. Eles possuem um telefone de Atendimento 24 horas: (61) 98277-4300;
  2. Leve o formulário “Relatório do Médico-Assistente” para ser preenchido no momento da consulta. Caso não tenha esse relatório para preencher, a alternativa é solicitar ao hospital o relatório médico ou prontuário do primeiro atendimento (guia de atendimento de emergência – GAE). Entretanto, essa solicitação pode ser demorada (às vezes até 20 dias úteis) e os hospitais só fornecem estes documentos aos pais/responsáveis legais ou mediante procuração;
  3. Ainda no hospital, peça nota fiscal de todos os procedimentos médicos e hospitalares (consulta, exames, medicamentos, etc.), cópia dos pedidos médicos de exames e, quando for possível, dos laudos dos exames (têm exames que demoram alguns dias para ter o laudo emitido);
  4. O sinistro deverá ser comunicado pelo diretor do Clube em até 20 dias corridos da data do acidente;
  5. Eventualmente, pode ser solicitada a Ata da Comissão da Igreja que autorizou o evento e o relatório do evento. Então, em hipótese alguma, faça qualquer atividade sem que tenha sido autorizada pela Comissão da Igreja;
  6. Após o envio de toda a documentação, o processo de reembolso pode demorar até 30 dias úteis. Tente combinar com a Comissão da sua Igreja para ela reembolsar o responsável pelo pagamento e ser reembolsada quando sair o reembolso da seguradora.

Também elaborei os 3 seguintes modelos:

  1. Declaração indicando quem pagou as despesas, quando este não for o responsável ou o segurado;
  2. Declaração do responsável informando que o menor reside no mesmo endereço;
  3. Procuração para retirada de documentos no hospital (prontuário médico, pedidos médicos de exames, laudos dos resultados dos exames).

Espero que nossos Clubes não precisem utilizar o Seguro Anual. Mas caso precisem, espero que esses arquivos e dicas sejam úteis.

1- Mateus
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *