Casamento no escuro

“Portanto ide, fazei discípulos de todas as nações, batizando-os em nome do Pai, e do Filho, e do Espírito Santo”. Mateus 28:19

paquistanesa

Hoje estamos iniciando uma seção muito especial no nosso Cantinho, o Correspondente Internacional! A partir de hoje, mensalmente, acompanharemos aqui experiências que mudarão nossa maneira de ver a vida. Um missionário adventista que está no Iêmen nos enviará um pouco do que está vivendo lá. Queremos que cada líder e desbravador que nos acompanha tenha a oportunidade de desenvolver e enriquecer sua fé, através dos testemunhos desta nova seção! Acompanhe agora mesmo o primeiro!

Em países árabes em geral (mas especialmente em países de cultura mais restrita como o Iêmen), o relacionamento entre garotos e garotas é muito diferente do que conhecemos no Brasil. É proibido namorar e, mesmo quando se está noivo, não se pode conversar um com o outro, nem por internet ou telefone. Na verdade, o noivo só poderá ver o rosto de sua futura esposa no dia do casamento.

Os homens têm mais liberdade quanto à maneira de se vestir, mas as mulheres são obrigadas a usar um longo vestido preto (no Iêmen chamado de balto). Além disso, elas devem cobrir totalmente os cabelos e, na maioria das vezes, também o rosto.

Temos um amigo muçulmano chamado Hussein e temos ensinado muitas coisas para ele, dentre elas alguns princípios bíblicos sobre o relacionamento entre homem e mulher. Desde muitos meses, Hussein está vivendo um verdadeiro dilema em sua vida: ele quer ter uma experiência como a que eu, sendo um cristão, tive com minha esposa, isto é, fazer amizade, namorar, ficar noivo e, então, se casar. Sua família, contudo, o está pressionando para se casar imediatamente, pois como ele já está com 26 anos, a cultura Iemenita o considera velho, de modo que sua hora de casar já está passando.

O pai de Hussein já arrumou várias candidatas para ser sua esposa. Geralmente, os casamentos acontecem dentro de uma mesma família, entre primos distantes. Os pais dos jovens se assentam e tratam dos detalhes do casamento mesmo sem o conhecimento dos filhos, que deverão aceitar a escolha dos pais.

Hussein está determinado a ter um casamento diferente daquele ordenado pela sua cultura, mas a pressão está muito forte por parte de sua família. Hussein afirmou que gostaria de se casar com alguma garota adventista, mas talvez não consiga resistir à pressão da família e tenha que se casar em breve com alguma das escolhas feitas por seu pai.

Ore por Hussein, a fim de que a vontade de Deus se cumpra em sua vida. Mesmo sendo muçulmano, ele está orando a Deus pedindo sabedoria e ajuda a fim de ter um casamento feliz, com a bênção do céu.

1- Iêmen

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *